0

Ex-paquita denuncia marido por agressão e encoraja mulheres: 'Parem de se acoar'

Conhecida como Pituxita, Ana Paula Almeida mostrou machucados ao denunciar marido, o empresário José Roberto Barbosa, por agressão. 'Agressões verbais eram desde que a gente começou, mas eu quis tornar isso público porque eu preciso que vocês parem de se acoar', relatou a atriz, que procurou ajuda da Justiça e registrou boletim de ocorrência na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), no Rio de Janeiro

17 abr 2019
12h47
atualizado às 15h10
  • separator
  • comentários

Ana Paula Almeida acusou o marido, José Roberto Barbosa, de agressão após descobrir traições nesta terça-feira (16). Em vídeo publicado no Stories do Instagram, a atriz aparece chorando e com os braços machucados. "Oi, amores, hoje vim aqui falar uma coisa que não é muito legal. Mas eu quero levantar a bandeira da mulher. Porque, às vezes, a gente com filho, sonho, por a pessoa estar no psiquiatra, porque essa foi a minha exigência... Ia mudar, ia fazer diferente, mas infelizmente não vivo aquele sonho de fadas", comentou a ex-paquita "Pituxita", que eliminou 17 kg com treinos, exercícios físicos e reeducação alimentar.

Atriz deseja encorajar mulheres ao denunciar marido

Em seguida, Ana Paula pediu para que outras mulheres resistam contra tal tipo de violência. "Agressões verbais eram desde que a gente começou, mas eu quis tornar isso público porque eu preciso que vocês parem de se acoar", falou. Além da influencer, a cantora Joelma também foi vítima de agressão do ex-marido, assim como a modelo Luiza Brunet, que sofreu violência doméstica, e Ellen Cardoso, conhecida como Mulher Moranguinho, atacada com chutes e socos.

Empresário nega acusações: 'Não fiz nada'

Em entrevista ao programa "Fofocalizando", do SBT, José esclareceu o episódio: "A Ana Paula é inflamada pelo seu descontrole emocional porque ela vive nervosa, tentando bater na minha cara, jogando água no meu rosto, querendo me desestabilizar e ganhar mídia. Mas eu não caí nessa e tenho provas que não fiz nada. Da outra vez nos separamos ela já tentou me enquadrar na Lei Maria da Penha, mas eu não havia feito nada, então nada aconteceu. Ficamos sete anos separados e eu resolvi voltar". A agressão teria acontecido na casa do casal durante uma discussão depois da influencer acusar o empresário de tê-la traído. Ela, então, procurou ajuda da Justiça e registrou boletim de ocorrência na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Sertanejo é indiciado por agredir mulher grávida

Em 2017, Victor Chaves foi acusado pela então mulher, Poliana Bagatini, de agressão. Indiciado pela Polícia Civil de Minas Gerais por vias de fato, o cantor divulgou vídeo para se defender. "Pessoal, eu venho a público para esclarecer uma coisa diante da qual surgiram e surgem incontáveis boatos. Eu fui indiciado legalmente por vias de fato, contravenção. Ou seja, eu não machuquei ninguém. O que eu pratiquei foi um ato de desespero para conter uma pessoa que estava completamente fora de si de pegar uma criança de um ano. E pela minha filha, o que eu fiz, eu faria de novo. Então, tudo está sendo apurado devidamente", declarou na época.

(Por Patrícia Dias)

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade