0

Marquezine e Neymar deixam de se seguir no Instagram

Juntos por seis anos e em relação marcada por idas e vindas, o ex-casal colocou um ponto final no relacionamento em outubro do ano passado

1 fev 2019
08h07
atualizado às 10h28
  • separator
  • 9
  • comentários

Bruna Marquezine e Neymar não se seguem mais Instagram. Separados há três meses, os dois permaneciam acompanhando as publicações um do outro, mas decidiram interromper a ligação nas redes sociais.

Bruna Marquezine excluiu todos os 'parças' de Neymar da sua conta no Instagram
Bruna Marquezine excluiu todos os 'parças' de Neymar da sua conta no Instagram
Foto: AGNews / PurePeople
Neymar deixa de seguir Bruna Marquezine no Instagram
Neymar deixa de seguir Bruna Marquezine no Instagram
Foto: Instagram / PurePeople

Afastando as chances de reatar o relacionamento com o jogador do Paris Saint-Germain, a atriz não só lhe deu unfollow, como também apagou de sua conta os "parças", que estão sempre acompanhando de perto a rotina do ex-namorado, e o ex-sogro, que também se chama Neymar. Ativa na web e interagindo mais com os internautas com assuntos como o atual governo do Brasil e problemas ambientais como Brumadinho, a carioca ainda fez o mesmo com a ex-cunhada Rafaella Santos, mas voltou atrás e voltou a seguir a loira.

Bruna Marquezine dá unfollow em Neymar
Bruna Marquezine dá unfollow em Neymar
Foto: Instagram / PurePeople

Neymar decidiu terminar namoro com atriz: 'Partiu dele'

Entre idas e vindas no namoro, Bruna e Neymar ficaram juntos por aproximadamente seis anos. O último término foi anunciado em outubro do ano passado, dias após ela ter sido vista sem a aliança de compromisso durante viagem a Fernando de Noronha.

"Terminamos. Foi uma decisão que partiu dele. Vou pedir que não se prolongue esse assunto, porque normalmente não falo da minha vida pessoal, espero que sejam compreensivas comigo. Existe muito respeito e carinho por ele e por tudo o que a gente viveu. Só queria esclarecer que esse término não foi por desentendimento político. Estamos vivendo um momento muito crítico e perigoso, de muito ódio, e, não, o término não teve nada a ver com isso", afirmou ela na época à revista Vogue.

Veja também:

 

PurePeople
  • separator
  • 9
  • comentários
publicidade