1 evento ao vivo

'Espelho da Vida': Isabel arma e faz Cris ser levada para manicômio após surto

Nos próximos capítulos da novela das seis, Cris (Vitória Strada) é vítima de nova armação de Isabel (Alinne Moraes). Ao ler uma carta de Júlia (Vitória Strada), onde a garota revela ter tido um filho com Danilo (Rafael Cardoso), a mocinha surta e diz que é a jovem. A atriz ainda ofende o pai e o culpa pelo que acontece de ruim 'com a sua vida'. Sem saída, ela acaba internada em um hospício.

31 jan 2019
10h04
  • separator
  • comentários

Isabel (Alinne Moraes) vai armar mais uma vez para Cris (Vitória Strada) na novela "Espelho da Vida" e provocar a internação da atriz em um sanatório, nos próximos capítulos da trama das seis. As cenas passam a ir ao ar a partir do dia 6, quando o folhetim espírita começa a entrar na reta final. A jornalista vai usar Sheila (Dandara Albuquerque) para deixar a rival sob o efeito de drogas e a ex-noiva de Alain (João Vicente de Castro) fica fora de si quando fica sabendo que Júlia (Vitória Strada), sua reencarnação, engravidou de Danilo (Rafael Cardoso) ao ler uma mensagem da jovem para a mãe, Piedade (Julia Lemmertz). Quem antecipa é o colunista de TV Daniel Castro nesta quinta-feira (31). A internação de Cris se dá após um conselho de Dalton (Marcello Escorel).

Alain vai achar que Cris está louca

Quando retorna para o presente de uma das suas viagens para sua vida anterior, Cris tenta interferir no destino de Piedade e resolve ajudar sua mãe na encarnação anterior. Como fracassa, a jovem tem o primeiro momento de descontrole. Nisso, a filha de Ana (Julia Lemmertz) é sedada e, ao voltar a si, chama o ex-noivo de Gustavo Bruno (João Vicente de Castro), a quem traiu na outra vida com Danilo. Tudo isso faz o cineasta concluir que a atriz necessita de um acompanhamento psicológico. Na sequência, seguindo conselho de Bola (Robson Nunes), Alain leva até a ex a carta que Júlia mandou para a mãe. Nessa altura, Cris terá tomado uma sopa sem saber que Dandara, a mando de Isabel, colocou medicamentos para deixá-la atordoada. "Mãezinha, antes de tudo... Perdão. Estou indo em busca de minha felicidade ao lado do único homem que amo e que vou amar até o fim dos dias. Gustavo Bruno não é a pessoa que todos pensavam, tentou de vários modos impedir meu relacionamento com Danilo", fala Cris lendo a mensagem da garota. "Estou com muito medo mas preciso ir em frente. Descobri que meu filho está vivo. Se algo acontecer comigo, cuida dele, sim? Sua filha que lhe adora, Julia", acrescenta.

Alain se sente culpado por internação de Cris

Nesse momento, Cris começa a gritar e dizer que se chama Júlia, deixando todos em pânico. Além disso, confunde o pai com o genitor de Júlia, chamando-o de Eugênio (Felipe Camargo) e o condena pelo "seu" sofrimento e o ofende. Não custa lembrar que na outra vida o coronel chegou a humilhar a filha quando ela se rejeitou a casar com Gustavo Bruno. É diante dessa situação que Dalton diz para a mãe de Cris, seu pai de criação, Flávio (Ângelo Antônio), e para Alain que o melhor a se fazer é internar a jovem. Por ter dado a carta, o cineasta vai ficar com remorso. Já no manicômio, André (Emiliano Queiroz), possível filho de Júlia, tranquiliza Cris ao visitá-la. Ele afirma que vai retirá-la do local e ajudá-la a descobrir quem de verdade tirou a vida da jovem. A dupla ganha ainda o apoio de Margot (Irene Ravache).

Leia também sobre a novela "O Sétimo Guardião": Júnior rouba beijo de Luz e León é filho de Sóstenes

(Por Guilherme Guidorizzi)

PurePeople
  • separator
  • comentários
publicidade