4 eventos ao vivo

Emilly descarta amizade com ex-participantes do 'BBB17': 'Aquilo pra mim passou'

'Não sinto falta', garantiu a gaúcha sobre antigos colegas de confinamento

19 mai 2017
11h25
atualizado às 11h31
  • separator
  • comentários

A ex-BBB Emilly Araújo revelou que não tem intenção de manter a amizade com os ex-participantes do "BBB17". Depois de Vivian Amorim afirmar que não "elo de afinidade" com a gaúcha, a campeã, amiga de Roberta no confinamento, disse que o período no reality show ficou para trás. "Estava vivendo na casa do BBB como aqui fora. Na vida real, tive amigas e relacionamentos passageiros. Então, aquilo pra mim passou. Não sinto falta. Todas essas pessoas fizeram parte do meu caminho, da minha história e me ensinaram muito. Estou aberta para quem quiser agregar e não me atrasar", disse em entrevista ao "GShow".

Ex-BBB Emilly sugere indireta a Marcos: 'Moleques de 40'

Fora do programa, Emilly ainda descartou a reconciliação com Marcos Härter e sugeriu uma indireta ao médico, indicado por agressão à estudante, ao revelar seu homem ideal. "Um homem para me conquistar precisa ser homem. Sei que existem homens de 20 anos e moleques de 40. Ele precisa me respeitar e respeitar minha família. Precisa ser gentil e ambos precisam se respeitar e amar, isso é o mais importante", listou.

'Eu sou tudo que quero', garante a ex-sister

Após fazer um ensaio inspirado em princesas de contos infantis, a gaúcha disse que não consegue se definir como "mulherão" ou "menininha". "Eu não consigo me definir em uma coisa só. Não gosto de apenas um estilo de roupa, quem dirá ser só menininha ou só mulherão, ou só boa ou só má. Eu sou tudo que quero", afirmou. Aliás, a estudante ainda contou o que sente saudade do anonimato. "Sinto falta de ser a Emilly despreocupada, que pode sair de pijama, chinelo ou descalça. Hoje eu tenho que tomar cuidado em tudo que falo, visto ou como. Não que seja um incômodo, mas sinto um pouco de falta da despreocupação."

Emilly reclama de companhia aérea em voo

A gaúcha, envolvida em uma polêmica com uma marca de relógios, reclamou de uma companhia aérea depois de não conseguir realizar a troca de assento em um voo. "Hashtag de cara com essa companhia aérea. Eu estou em uma poltrona que não reclina. Fui trocar para outra e disse que não pode porque é laranja, não sei o que. Disse 'me dá que eu pago' e não deixaram eu pagar. Estou de cara, é sério", disparou."Não vou dizer o nome da companhia aérea. Mas tenho uma dica. Partiu Neymar, chutou e é...", ironizou em seguida.

(Por Tatiana Mariano )

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade