1 evento ao vivo

Deus Salve o Rei: Constantino morre envenenado por Catarina

Na novela das sete, o português (José Fidalgo) é vítima da rainha má (Bruna Marquezine) ao ser recapturado após fugir da prisão com Afonso (Romulo Estrela) e Cássio (Caio Blat), que também perde a vida. Um surto de peste tira a vida ainda de Saulo (João Vithor Oliveira). Já Virgílio (Ricardo Pereira) tem chance de aparecer vivo após ser dado como morto em uma reviravolta nos capítulos finais

18 abr 2018
11h35
atualizado às 12h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Uma série de mortes vai marcar os próximos capítulos da novela "Deus Salve o Rei", que vem enfrentando várias mudanças por conta da baixa audiência. Pelo menos quatro personagens vão perder a vida nas semanas seguintes seja por assassinatos seja por conta da peste, que vai se alastrar por Montemor. São eles: Cássio (Caio Blat), Constantino (José Fidalgo), Saulo (João Vithor Oliveira) e Martinho (Giulio Lopes), pai de Amália (Marina Ruy Barbosa). Já Virgílio (Ricardo Pereira) pode aumentar a lista de baixas se a trama não passar por uma reviravolta. Quem adianta é o colunista de TV Daniel Castro nesta quarta-feira (18).

Catarina usa anel para matar Constantino

O primeiro a se despedir do folhetim medieval das sete é Cássio, ex-comandante do exército do reino. Ele perde a vida ao fugir com Afonso (Romulo Estrela) e Constantino da prisão onde executam trabalhos forçados em uma pedreira. Na fuga, o oficial é morto por um feitor ao salvar a vida do melhor amigo. Dessa forma, o triângulo amoroso que formaria com Amália nem vai sair do papel. O próximo a morrer é o ex de Catarina (Bruna Marquezine). Após trocar socos com o ex-príncipe, o português se alia ao rival para poderem escapar. Mas ele não leva sorte e acaba recapturado pelos soldados. Para se livrar da cadeia, Constantino decide entregar o irmão de Rodolfo (Johnny Massaro), porém é assassinado pela rainha ao receber dela um anel com veneno. Na prisão, ele agoniza até a morte.

Amália perde pai em seus braços

Em outra ponta da novela, que deve sair do ar em julho, a peste faz duas vítimas. O primeiro a sucumbir é Saulo, que morre com a doença ao retornar ao reino após investigar Agnes (Mel Maia). Depois quem perde a vida é Martinho. O pai de Amália morre nos braços da filha depois que a vendedora de caldos estiver morando no castelo ao lado do marido. Nesse meio tempo, a plebeia terá escapado de morrer em incêndio provocado por Catarina. Quem salva a ruiva é Afonso, que não impede a morte de Virgílio. Contudo, o marquês e ex-aliado da rainha má pode aparecer com vida nos últimos capítulos da trama. O comerciante vai se voltar contra a filha de Augusto (Marco Nanini) ao descobrir que ela mantém o pai preso e quer matar Amália.

Novela tem índices inferiores à antecessora

Ainda de acordo com o colunista, até agora, "Deus Salve o Rei" soma 25 pontos de média na Grande São Paulo. Com o mesmo número de capítulos, "Pega Pega", sua antecessora, tinha 29 pontos. Por isso, episódios foram reescritos, cenas acabaram canceladas e sequências inseridas.

 

Veja também:

PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade