0

Namorada de Rezende pede a Deus: "cuida de quem não posso"

Em batalha contra câncer no pâncreas e fígado, apresentador foi diagnosticado com pneumonia e seu estado é considerado grave

14 set 2017
08h51
atualizado às 09h31
  • separator
  • comentários

Lu Lacerda, namorada de Marcelo Rezende, pediu a Deus que olhe pelo jornalista, em postagem feita na madrugada desta quinta-feira (14), em sua conta de Instagram. Com câncer no fígado e pâncreas, o apresentador do "Cidade Alerta" foi internado em estado grave por causa de uma pneumonia, informou o Purepeople horas antes. "Querido Deus, cuida de quem eu não posso cuidar. Obrigado!", diz a mensagem compartilhada pela carioca. "Assim seja", legendou a namorada de Marcelo usando as hashtags "Amor sem limite" e "juntos somos mais fortes".

'Volte para o hospital', pediu Milton Neves

No início do mês, o jornalista esportivo aconselhou o amigo a não fazer mais um tratamento alternativo. " Amigo Marcelo Rezende, dá muito trabalho para fazer um médico! Por favor, volte pro hospital e ajude Deus a te ajudar!", escreveu em rede social o apresentador do "Terceiro Tempo", da Band. Dias antes, a namorada de Marcelo viajou para os EUA para comprar medicamentos para ele, de acordo com fonte do site.

Apresentador descobriu doença em maio

Há quatro meses, o comandante do "Cidade Alerta" foi diagnosticado com tumores e na única entrevista que deu se disse confiante em vencer o câncer e afirmou não ter medo da morte. Após a primeira sessão de quimioterapia, deixou o procedimento e recorreu a um tratamento alternativo, no qual cortou carboidratos. Segundo ele, Deus mandou que não se submetesse à quimio. "Foi a melhor decisão que eu tomei (...). A cura está cada vez mais perto", justificou. Recentemente, liberado pelos médicos, o jornalista voltou a consumir esse tipo de alimento e almoçou com Lu e amigos.

Jornalista tem passagens por Globo e Band

A carreira do carioca Marcelo Rezende começou no "Jornal dos Sports" após, sem saber, ajudar o editor do periódico, que lhe convidou para um estágio. Depois, o jornalista pai de cinco filhos de cinco mulheres diferentes passou pelo "O Globo" até chegar a TV Globo. Na emissora carioca, cobriu o carnaval, mas foi em 1997 que realizou uma de suas matérias mais importantes: o abuso de PMs na Favela Naval, em São Paulo. No final dos anos 1990, passou a apresentar o "Linha Direta". Ao sair da Globo, conduziu o "Repórter Cidadão", na RedeTV!. Em seguida, teve sua primeira passagem pela Record até retornar à RedeTV!. Depois, foi contratado pela Band e voltou para a Record em 2010. Desde 2012 está, novamente à frente do "Cidade Alerta". Um ano mais tarde, lançou sua biografia, "Corta pra Mim" - o título é referente ao bordão que costuma falar no telejornal policial.

Veja também:

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade