1 evento ao vivo

Com esclerose, Claudia Rodrigues volta a ser internada

Atriz foi hospitalizada em uma clínica no interior de São Paulo e segue sem previsão de alta

21 fev 2018
14h01
atualizado às 15h20
  • separator
  • 0
  • comentários

Claudia Rodrigues voltou a ser internada no centro médico Cevisa, em São Paulo. Portadora de esclerose múltipla, doença que luta desde 2000, a atriz tem passado por tratamentos para tentar amenizar os efeitos da disfunção. Ao Purepeople, Adriane Bonatto, empresária da artista, conta que ela segue orientações médicas em regime fechado e sem previsão de alta. "A Claudia está em recuperação e não tem previsão de alta. Não teve surto. Ela teve sintomas no fim de semana e os médicos acharam melhor internar para prevenir um surto, por isso segunda-feira ela foi internada", explica, nesta quarta-feira (21). Em novembro passado, Claudia deu entrada no Hospital Albert Einstein, na capital paulista, após ser diagnosticada com herpes-zóster, vírus causador da catapora.

Atriz relata como descobriu ser portadora de esclerose múltipla

Em entrevista anterior, Claudia - que se submeteu em 2015 a um transplante de células-tronco -, falou sobre o início da doença. "Quando soube do diagnóstico da esclerose, perguntei para o médico se poderia ser mãe e esse era o motivo do meu receio. Não senti medo de morrer, pois tinha o desejo de viver para continuar trabalhando e educar uma criança. Tive meus momentos de tristeza, principalmente quando fui demitida, mas nada absurdo. Entreguei o meu futuro nas mãos de Deus e falei: 'Se Você quiser me levar, me leva agora. Se não, me deixa quieta aqui, por favor, que eu vou ficar melhor do que eu era", comentou.

Claudia mantém dieta após transplante

Mantendo a alimentação totalmente regrada, Claudia disse ainda que adotou um estilo de vida mais saudável. "Acordo cedo, por volta das seis da manhã, e faço 1 hora de caminhada na piscina, depois alongamento e várias terapias feitas com água, para estimular a minha musculatura. Algumas substâncias tendem a ativar a doença, como o glúten e derivados de leite. Por isso, virei quase vegetariana, com consumo de peixes e ovos, e não coloco mais uma grama de açúcar no estômago. Já emagreci cerca de quatro quilos e troquei quase toda a gordura por massa magra no meu corpo", explicou.

 

Veja também:

PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade