0

Bruno Gissoni elogia Yanna Lavigne no Dia dos Namorados: 'É maravilhosa'

No primeiro Dia dos Namorados após o casamento, o ator compartilhou uma foto da mulher, em seu Instagram, nesta terça-feira (12). 'O Rio é lindo. Ela é maravilhosa', escreveu o intérprete do Uirapuru, da novela 'Orgulho e Paixão', na rede social. Os dois oficializaram a união em uma cerimônia surpresa, em Praia Grande, durante o primeiro aniversário da filha, Madalena

12 jun 2018
13h52
  • separator
  • comentários

Bruno Gissoni e Yanna Lavigne comemoraram o primeiro Dia dos Namorados após oficializarem o relacionamento, nesta terça-feira (12). Em seu Instagram, o intérprete do Uirapuru, da novela "Orgulho e Paixão", fez uma nova postagem apaixonada para a mulher e compartilhou um clique da atriz na rede social: "O Rio é lindo. Ela é maravilhosa". Os pais de Madalena, de um ano, se casaram em uma cerimônia surpresa, em Praia Grande, no final de maio. Os dois aproveitaram o primeiro aniversário da filha para realizar a festa de casamento.

Ator destaca relação com a mulher: 'Pura e transparente'

Antes de assumir a reconciliação com Yanna, Gissoni conversou com o Purepeople e enalteceu a relação com a atriz. Segundo o ator, algumas pessoas tinham problema em aceitar o bom relacionamento entre os dois: "Temos uma relação muito pura e transparente. E isso é difícil das pessoas entenderem, quando pensam em um casal separado, já pensam em briga, raiva e ódio. A gente é o completamento o oposto, temos um amor em comum incomum. Tentamos transformar esse momento da melhor forma possível". O galã ainda destacou a importância de compartilhar os cuidados da filha com a artista: "Gosto muito da Madá, de estar gravando, mas o tempo longe dela também deixa a cabeça lá e cá. Mas nesse momento, a Yanna não está trabalhando, então é um momento oportuno. Quando os dois estiverem trabalhando, a gente vai ficar enlouquecido, mas por enquanto está dando certo".

Atriz nota mudança após a maternidade: 'Leveza'

Lavigne admitiu que ficou insegura após se tornar mãe, porém a chegada da filha lhe deixou mais leve: "Eu nunca imaginei o que seria a maternidade, então, eu nunca idealizei nada. Acho que por isso veio com calma, com leveza, com tudo isso. É uma potência muito grande, né? E é claro, a gente não sabe como serão as noites, como será o dia a dia, se daremos conta ou não. Mas eu acho que não existe insegurança para mãe. Acho que o bebê nasce com a segurança da mãe e vai dar tudo certo".

(Por Tatiana Mariano)

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade