0

BBB18: Paula incentiva Clara a deixar prova e Gleici reprova

Disputa por imunidade segue após 16 horas e a ruiva começou a mostrar sinais de cansaço. A filha de Ayrton lamentou que não consegue ficar mais em pé e recebeu incentivo da mineira para desistir da prova. 'Se eu fosse ela, já teria saído, porque o jogo não acaba hoje e ela precisa se poupar', disparou a empresária, que recebeu corte de Gleici: 'Ela que sabe quando vai sair'

13 abr 2018
15h56
atualizado às 15h59
  • separator
  • comentários

A prova de imunidade do "BBB18" segue a todo vapor nesta sexta-feira (13). A disputa, marcada por declarações ácidas de Breno, completou 16 horas e Ana Clara começou a mostrar sinais de cansaço. A ruiva teve queda de pressão e pediu para usar os cinco minutos dentro do carro para descansar duas vezes. Em seguida, a estudante de Jornalismo reclamou que não conseguia mais ficar em pé. "Eu não aguento mais, não vou aguentar. Meu pai devia estar aqui, nessa prova", lamentou. "A única coisa que posso falar pra você é: guarde a sua energia. Faz o mínimo de esforço possível e se concentra. Mas fora isso, não tem o que fazer", disse Paula, com quem a ruiva teve uma discussão por voto.

Paula incentiva ruiva a desistir: 'Se eu fosse ela, já teria saído'

A mineira, então, incentivou a filha de Ayrton a deixar a prova: "Se eu fosse ela, já teria saído, porque o jogo não acaba hoje e ela precisa se poupar. Mas, como que falo pra uma pessoa sair? Não dá. Mas é o corpo dela que não aguenta...". Gleici, que já condenou o comportamento de Paula no confinamento, não gostou e reprovou o comentário: "Ela sabe quando vai sair, ela que sabe. Mas quando ela quiser sair, vai sair".

Breno tem DR com empresária durante prova: 'Eu fico sem paciência'

Um dia após a DR com Paula por "falta de paciência", o goiano teve um novo desentendimento com a affair. Isso porque o arquiteto não quis comentar sobre a rotina no programa durante a disputa. "Contar sobre o dia, é sempre a mesma coisa. Lá fora também, eu faço sempre a mesma coisa. Como, malho, trabalho, durmo, às vezes saio. Mas ficar falando a toa? E aqui a sua rotina acaba sendo a mesma da minha, não tem o que falar, eu fico sem paciência", disparou. A empresária compreendeu o pensamento do arquiteto e refletiu: "Normalmente, você conhece a pessoa um dia e fica uma semana sem ver. Daí vê a pessoa duas horas, vai jantar. Cada um volta pro seu espaço... aqui é 24 horas, você enche o saco da cara da pessoa. E eu nunca morei com namorado".

 

Veja também:

 

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade