0

Aos 83 anos, Glória Menezes é internada para tratar infecção respiratória

Atriz está no hospital CopaStar, na zona sul do Rio

14 fev 2018
09h10
atualizado às 10h57
  • separator
  • comentários

Glória Menezes, de 83 anos, foi internada no hospital CopaStar, em Copacabana, zona sul do Rio. A atriz está tratando de uma infecção respiratória. Ao "G1", o hospital da Rede D'Or São Luiz confirmou a internação da veterana e disse que o quadro dela é "estável". Porém, não informou quanto tempo ela está hospitalizada. Glória está longe da TV desde a novela "Totalmente Demais", de 2015, onde viveu a Stelinha Alcântara. A artista é casada com o ator Tarcísio Meira desde 1963. Os dois são pais de Tarcísio Filho. Ela também é mãe de Amélia Brito e João Paulo Brito, frutos da união com Arnaldo Brito, com quem foi casada de 1951 a 1959.

Faustão passou por cirurgia cardíaca e colocou dois stents

No começo de fevereiro, Fausto Silva foi internado para ser submetido a uma cirurgia cardíaca e colocou dois stents. O apresentador recebeu alta e disse que já tinha ciência do problema de saúde: "Eu sempre faço exame e já sabia que tinha uma pequena obstrução, mas ela aumentou". O artista ainda entregou que recebeu algumas orientações do médico após deixar o hospital: "Andar bastante, fazer exercício... Aquelas coisas que todo mundo já sabe. Mas determinadas coisas são genéticas, passam de geração para geração", frisou. "Tem que ir administrando e você vai empurrando até onde dá. O bom é fazer a prevenção".

Carol Sampaio foi internada com infecção urinária: 'Estava muito frenético'

A prometer Carol Sampaio - responsável pelo Bloco da Favorita e pelo Nosso Camarote - revelou ao Purepeople que foi hospitalizada pouco antes do Carnaval por causa de uma infecção urinária: "Acho que papai do céu não faz nada por acaso, então acho que era o tempo que eu tinha que parar. Realmente estava muito frenético... Graças a Deus hoje eu estou liberada para beber. Já faço três meses de tratamento, gente... mas vão me aturar por muito tempo ainda". Para aguentar o ritmo intenso, ela entregou quais são seus "combustíveis": "Eu acho que eu já estou no automático, no café, no energético... Mas acho que a adrenalina também não me deixou dormir. Hoje eu cheguei em casa às 6h e fiquei trabalhando até às 21h. Eu acho que a adrenalina faz parte, é mais forte que a gente".

(Por Tatiana Mariano )

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade