0

Ana Furtado se emociona na TV ao falar de câncer

No 'Encontro' desta segunda-feira (25), a apresentadora foi às lágrimas ao receber a visita de mulheres que também lutaram contra o câncer

25 jun 2018
11h37
atualizado às 12h27
  • separator
  • comentários

Ana Furtado, otimista e em busca da cura do câncer de mama, não conteve as lágrimas ao participar do Encontro com Fátima Bernardes nesta segunda-feira (25).

Ana Furtado se emociona no 'Encontro' ao falar do câncer
Ana Furtado se emociona no 'Encontro' ao falar do câncer
Foto: Famosidades

A jornalista, que foi submetida à cirurgia para retirar um tumor em estágio inicial, foi surpreendida pela comandante do programa, de quem recebeu apoio na internet, e um grupo de mulheres que enfrentaram a mesma doença e deixaram mensagens de apoio para Ana nas redes sociais. "Ô, Fátima, que surpresa linda! Desculpe o choro, mas é de alegria, tá, gente? Porque essas mulheres são guerreiras. Elas são muito especiais porque são muito guerreiras", declarou a mulher de Boninho.

'Decisão muito corajosa', diz apresentadora sobre expor doença na internet

Ana Furtado só divulgou ao público o diagnóstico da doença quando já estava prestes a fazer a quimioterapia, depois de já ter passado pela cirurgia de retirada do tumor. Durante o programa, ela explicou o que a motivou a gravar o vídeo em que expôs sua situação por meio de seu perfil no Instagram.

"Foi uma decisão muito corajosa mas, ao mesmo tempo, muito certa do objetivo. Porque, primeiro, como uma pessoa pública, eu tinha esse propósito de me colocar como uma ferramenta de divulgação e de alerta para todas as mulheres, porque isso pode acontecer com qualquer uma, inclusive comigo, que sempre me alimentei bem, que sempre me cuidei, fiz esportes, não era fumante, e não tenho a doença na minha família. Então, geneticamente, ela não chegaria até mim. Primeiramente, eu tive a noção de me colocar como essa ferramenta de divulgação", disse.

"A segunda, é que quando você recebe o diagnóstico de câncer, ela vem cheia de tantos significados destrutivos e difíceis... A primeira coisa que se pensa é a morte, é o medo, é a insegurança, é a culpa. São tantos momentos difíceis, mas naquele momento eu não estava sozinha. A minha família inteira se fechou num círculo de muito amor e de muito apoio. Ao mesmo tempo, com todo esse carinho, eu me sentia sozinha porque eu sempre fui verdadeira... O que me moveu foi que eu queria ajudar outras mulheres fazendo esse alerta, me sentir acompanhada e poder apoiar também, livremente, com todo o meu carinho e amor todas essas mulheres e outras pessoas que estão passando pelo mesmo que eu estou passando", afirmou.

Jornalista relata carinho de admiradores: 'Consegui superar o medo'

Desde que compartilhou a notícia sobre a doença, Ana Furtado vem recebendo mensagens de incentivo para seu tratamento. "Uma onda de amor tem chegado para mim diariamente, a cada segundo, e isso tem me feito tão bem, tem me fortalecido tanto. Com todas as pessoas que eu encontro na rua tem manifestação de carinho e solidariedade. E isso faz toda a diferença não só para mim, que estou passando por esse momento, mas para todo mundo, porque todo mundo merece muito carinho e amor. Ninguém merece ser invisível ao outro", falou a jornalista. "É incrível a energia que circula. A onda de carinho e de amor, carinho e solidariedade que eu recebi me fortaleceu ainda mais. Eu consegui superar o medo que eu sentia através desse amor."

'A minha cura é inevitável e a sua também vai ser'

Durante sua presença no Encontro, a apresentadora global também fez questão de deixar uma mensagem para as pessoas que, assim com ela, também estão enfrentando o câncer.

"Quero dizer que ninguém disse que a vida é fácil, e essa vai ser uma fase da sua vida que realmente também não vai ser fácil, mas ela passa. Então, que você lute mas tire do seu coração, da sua alma, do seu corpo, do seu espírito, o ódio, o rancor, tudo de ruim que essa doença possa te trazer, porque quanto mais energia ruim, se ela (doença) for sua inimiga, você se torna vítima ou agressora. Tira essa energia ruim de dentro de você, harmonize-se, reequilibre-se, porque não há diálogo sem ter paz. Promova a paz dentro de você, se reconecte, se cuide, restabeleça sua força, reze, tenha muita fé e que ela seja o vento que sopre a vela de seu barco e o propósito, o leme que guie sua vida. Vá com fé, com força e com muita coragem porque você também vai ser vencedora. A minha cura é inevitável e a sua também vai ser", declarou.

(Por Carol Borges)

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade