0

Alta-costura Dior: muita transparência, fluidez, plissados e mais trends

A semana de moda de alta-costura de Paris começou nesta segunda-feira (20) e a Dior trouxe um desfile surpreendente e de encher os olhos: muito dourado, transparência e leveza marcou a coleção Primavera/Verão 2020 apresentada pela pela diretora artística italiana Maria Grazia Chiuri, há 4 anos à frente da maison. Confira as fotos do desfile e saiba mais detalhes!

20 jan 2020
23h35
atualizado em 21/1/2020 às 07h08
  • separator
  • 0
  • comentários

A maison Dior abriu a temporada de desfiles de alta-costura em Paris em grande estilo nesta segunda-feira (20). Vestidos fluidos, vazados, plissados, franjas e muita transparência - hit no street style - foram destaque na coleção apresentada pela diretora artística italiana Maria Grazia Chiuri, primeira mulher a assumir a função na grife parisiense - ela está no comando da grife desde 2016. Os dourados, tanto nas peças quanto nos acessórios, também garantiram um toque de glamour ao espetáculo realizado nos jardins do Musée Rodin. Na plateia, nomes como as brasileiras Camila Queiroz, Thássia Naves e Camila Coelho, além da poderosa Chimamanda Adichie, ícone nigeriana que agregou o tom feminista ao desfile apresentado nesta manhã.

Looks com inspirações greco-romanas

As modelos surgiam como deusas a bordo de vestidos esvoaçantes, com franjas em fios metálicos, leves e coloridos, com detalhes vazados na cintura, nos decotes e braços. Os modelos de um ombro só, que têm sido vistos nas trends de verão, foram marcantes. Os plissados apareceram com força na passarela, mostrando que a tendência continua em alta. Os acessórios dourados ganharam formato de folhas e foram exibidos em arranjos de cabeça e pescoço, braceletes e até mesmo compondo as peças vestidas pelas modelos. A coleção foi inspirada na obra da artista plástica americana e pioneira no feminismo Judy Chicago. A tenda onde o desfile foi montado fazia uma alusão a um ventre e era, na verdade, uma enorme instalação da artista. No interior, algumas perguntas chamavam atenção na decoração do cenário como "E se as mulheres governassem o mundo?", "A natureza seria respeitada?", "Haveria violência?", entre outras frases.

Clássicos da maison não ficaram de fora

Os tailleurs, peças que fazem parte dos clássicos da Dior, ganharam tons dourados e detalhes drapeados bem estruturados. Os tons metalizados, que já conquistaram muitas fashionistas nas últimas temporadas, permanecem no auge segundo os modelos exibidos pela maison francesa. Os vestidos de cintura marcada também tiveram espaço entre os 77 looks apresentados. Nada tradicional foi a aposta dos calçados: as sandálias assumiram as vez dos sapatos de saltos altos e provaram que elegância independe do equilíbrio dos pés sobre saltos, reforçando que a moda da vez é apostar no conforto!

PurePeople
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade