6 eventos ao vivo

Victor Chaves comenta agressão contra ex e briga com Leo

Cantor ironizou polêmicas envolvendo o seu nome em vídeo no YouTube; no registro, o músico entrevista a si mesmo

12 fev 2019
07h47
atualizado às 10h21
  • separator
  • comentários

Victor Chaves falou sobre as polêmicas nas quais se viu envolvido em vídeo divulgado no YouTube. Na papel de entrevistador e entrevistado, o cantor comentou as acusações à ex-mulher, Poliana Bagatina.

Victor Chaves ironizou denúncia de agressão e brigas com irmão, Leo, em vídeo no YouTube
Victor Chaves ironizou denúncia de agressão e brigas com irmão, Leo, em vídeo no YouTube
Foto: AGNews / PurePeople

"Senhor Victor, consta que o senhor teria desferido 15 chutes na barriga de uma grávida. A pergunta é: o senhor joga futebol?", questiona o músico, réu em processo por contravenção penal. "Jogo de vez em quando, mas nunca consegui acertar um chute", responde o artista, indiciado pela Polícia Civil de Minas Gerais por vias de fato. "Senhor Victor, o senhor foi indiciado por vias de fato, que corresponde a agressão sem deixar marcas, que merda é essa?", indaga. "É só uma merda, mesmo", retruca.

Cantor ironiza brigas com irmão, Leo

Em seguida, Victor comentou o desabafo de Leo. O sertanejo declarou no Jornal da Record que a relação entre eles era de briga o tempo todo. Os dois anunciaram uma pausa na carreira em agosto do ano passado. "Senhor Victor, para terminarmos, o senhor teria vivido 27 anos de brigas com seu irmão, Leo Chaves, o que o senhor tem a dizer sobre isso?", perguntou. "Não! Vinte e sete anos foi o tempo de dupla. De briga, são 42! Até aqui!", rebateu ele, bem-humorado.

Sertanejo se defende em vídeo sobre indiciamento

Em maio de 2017, Victor se defendeu nas redes sociais. "Pessoal, eu venho a público para esclarecer uma coisa diante da qual surgiram e surgem incontáveis boatos. Eu fui indiciado legalmente por vias de fato, contravenção. Ou seja, eu não machuquei ninguém. O que eu pratiquei foi um ato de desespero para conter uma pessoa que estava completamente fora de si de pegar uma criança de um ano. E pela minha filha, o que eu fiz, eu faria de novo. Então, tudo está sendo apurado devidamente", declarou na ocasião.

No mês anterior, a polícia indiciou o cantor por suspeita de agredir a mulher no condomínio ondem moram, em Belo Horizonte (MG). Poliana fez um boletim de ocorrência no dia 24 de fevereiro contra o sertanejo depois de uma briga no apartamento da mãe do músico, que reside no mesmo condomínio.

Veja também:

 

PurePeople

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade