0

Michael Wolf Snyder (1987 - 2021)

6 mar 2021
21h40
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Divulgação/Searchlight / Pipoca Moderna

Michael Wolf Snyder, responsável pela captação e mixagem de som do premiado filme "Nomadland", suicidou-se aos 35 anos. Seu pai, David Snyder, encontrou o corpo no apartamento em que ele morava sozinho em Nova York, na segunda-feira (1/3), depois que amigos e familiares ficaram sem ter notícias por vários dias.

"Michael tirou sua própria vida em algum momento da semana passada e não foi descoberto até que eu fui ver como ele estava na segunda-feira, depois de ficar sem contato por vários dias", escreveu David Snyder no Facebook. "Ele sofria de depressão grave há muitos anos. Para a maioria das pessoas, é uma doença que aumenta e diminui com o passar dos anos. Tenho certeza de que foi difícil para Michael ter passado a maior parte do ano passado sozinho em seu pequeno apartamento no Queens, sendo responsável por lidar com o coronavírus. Apesar disso, todos acreditávamos que ele estava bem e, durante a maior parte do ano passado, acho que estava. Ele parecia especialmente alegre e revigorado nos últimos meses, já que pôde voltar a trabalhar em vários projetos de filmes diferentes".

A diretora Chloé Zhao, que trabalhou com Snyder em "Nomadland" e em seu filme anterior, "Domando o Destino", de 2017, também publicou uma mensagem. "Eu sempre olhava para Wolf após cada tomada. Eu não usava fones de ouvido no set, então confiei muito em Wolf para ser meus ouvidos. Ele acenava para mim com um sorriso feliz, ou lágrimas nos olhos, ou às vezes ele sinalizava discretamente 'mais um'. Durante 'Domando o Destino', Wolf sugeriu uma ideia que mais tarde levamos para 'Nomadland' - gravar tons da sala por mais tempo do que o necessário como uma chance de experimentar o silêncio. Depois de nos movimentarmos em cada local, sentávamos juntos, em silêncio, sintonizados, ouvindo e honrando o mundo ao nosso redor. Eu sempre vou sentir falta dele. Ele sempre estaria comigo no set, após cada tomada, e no silêncio de cada tom da sala. Vejo você na estrada, meu amigo", concluiu

A estrela de "Nomadland", Frances McDormand, manifestou-se em um comunicado: "Wolf gravou nossos batimentos cardíacos. Cada respiração nossa. Para mim, ele é 'Nomadland'. "

Charlene Swankie, que interpretou a si mesma no filme, também lamentou. "É triste saber que o homem do som de Montana, M Wolf Snyder, faleceu", ela escreveu em sua página do Facebook na manhã deste sábado (6/3). "Wolf tinha grande foco, um coração bondoso e um espírito indelével. Ele fez o som em 'Nomadland'. Portanto, se você assistir a esse filme magnífico, pare um pouco, feche os olhos e ouça toda a beleza que ele capturou. "

Outro comunicado divulgado em nome de todo o elenco e equipe de "Nomadland" acrescentou: "Enquanto nossos corações se partem com a perda de Wolf, esperamos que seja um conforto saber que seu espírito viverá para sempre em cada risada que ele gravou, em cada brisa, e cada galope de cavalo. Ele fazia parte da nossa pequena família de filmes e sua alma bondosa tocou a todos nós. Wolf realmente trouxe vida ao nosso filme. Enviamos nossas condolências a sua família em nome de toda a equipe 'Nomadland'. Veremos você na estrada, doce amigo."

Snyder começou sua carreira em 2011 como operador de microfone no thriller "Ocupante". Ele também trabalhou no documentário "Pais" (2019), de Bryce Dallas Howard, na série "Belas Maldições" (Good Omens), da Amazon, e em vários curtas-metragens.

O diretor Yuval David, com quem ele estava trabalhando, também acessou o Facebook para expressar suas condolências. "Michael Wolf Snyder foi o super premiado mixer de som que gravou o áudio do set para o último longa-metragem que dirigi. Sua trágica perda é dolorosamente ouvida. Não importa o barulho ou o silêncio, verifique as pessoas, para garantir que ninguém se sinta sozinho. A depressão leva as pessoas ao desespero sombrio. Seja a luz para ajudá-los - mesmo se você achar que eles já têm uma luz, dê-lhes uma luz extra de amor, bondade e esperança. "

Veja também:

Carol Francischini treina na varanda de sua casa
Pipoca Moderna Pipoca Moderna
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade