1 evento ao vivo

Matthew McConaughey vai transformar diários antigos em autobiografia

30 jul 2020
16h40
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Divulgação/NBC / Pipoca Moderna

O ator Matthew McConaughey, vencedor do Oscar por "Clube de Compra Dallas" (2013) vai publicar uma autobiografia, "Greenlights", que chegará em outubro às livrarias americanas.

"Desde que eu aprendi a escrever, tenho mantido diários. Eu coloquei neles tudo o que já me excitou, me desanimou, me fez rir, me fez chorar, me fez questionar, me manteve acordado à noite. Dois anos atrás, eu reuni a coragem para reabrir todos esses diários e descobrir se havia algo ali que eu poderia aproveitar - o resultado foi um livro", explicou McConaughey sobre o lançamento, em comunicado.

O título da obra ("sinais verdes", em português) revela a intenção do ator de dar conselhos de vida com a sua escrita. "Tento ensinar como podemos encontrar mais sinais verdes na vida, eu e você", assumiu.

"Nós não gostamos dos sinais vermelhos e amarelos, porque eles desperdiçam o nosso tempo, não é? Mas, quando percebemos que todos eles viram sinais verdes eventualmente, eles revelam as suas rimas. Assim, a vida se torna um poema, e passamos a conseguir o que queremos e o que precisamos ao mesmo tempo", filosofou.

McConaughey não é a único astro de Hollywood a anunciar o lançamento de uma autobiografia durante o período de isolamento social causado pela pandemia de coronavírus. O ator Patrick Stewart também vai contar sua história de vida, desde a infância "marcada por pobreza e violência doméstica" até a consagração com milhões de fãs em todo o mundo, como os amados Professor Xavier dos "X-Men" e Capitão Picard de "Star Trek".

Veja também:

Carol Francischini treina na varanda de sua casa
Pipoca Moderna
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade