3 eventos ao vivo

Ingrid Guimarães critica ensino a distância da filha

Atriz está ajudando Clara, de 10 anos, nas aulas online decorrentes da quarentena do novo coronavírus; estudantes pobres enfrentam ainda mais dificuldades

19 mai 2020
12h43
atualizado às 12h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Ingrid Guimarães está em isolamento social com a família e, embora esteja passando mais tempo com o marido, o artista plástico Renê Machado, de 50 anos, e a filha Clara, de 10, ela conta que vem sendo difícil lidar com o ensino a distância (EAD) da menina.

Ingrid Guimaraes sobre arte Nao tem a ver com estetica
Ingrid Guimaraes sobre arte Nao tem a ver com estetica
Foto: O Fuxico

"Sou muito grata porque posso oferecer o ensino à Clara, já que a maior parte da população nem tem Wi-Fi. Mas salvem os professores e as mães. É chato, temos que fazer um trabalho que não sabemos. Para ela entender que não era férias foi um perrengue. O dia que ela voltar às aulas, vou dar uma festa. Gratidão aos professores", disse ela, em entrevista à revista Quem.

A atriz diz que 'pirou' nos primeiros meses, mas admite que poder ficar em casa é um 'luxo'. As dificuldades de Ingrid são ainda piores entre os mais pobres. Conforme apurou o Estadão, alunos de baixa renda vêm enfrentando dificuldades para manter os estudos do vestibular na quarentena.

Com poucos recursos tecnológicos, muitos deles não têm espaço de estudo em casa, correm o risco de perder o emprego e relatam que a educação à distância demonstra o abismo entre as classes baixas e altas da sociedade brasileira. Além disso, na rede pública, o EAD enfrenta problemas com lição pela TV e apostila impressa.

Veja também:

A Fazenda: Raissa Barbosa antes e durante o reality!
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade