3 eventos ao vivo

Famosos se atrapalham com 'Twitter'

1 set 2009
14h44
atualizado às 15h03

O site de miniblogs Twitter mudou a relação de fãs com ídolos e de famosos com a imprensa. Com a facilidade de postar notinhas escritas, fotos e comentários sobre qualquer coisa, de qualquer lugar, alguns famosos têm dificuldade para se adaptar à liberdade que a nova ferramenta tecnológica oferece.

Danilo Gentili caiu na roda, e foi criticado ao fazer uma piada encarada como preconceituosa. Bruno Gagliasso, depois de um dia de cão em filmagens atravancadas por conta de imprevistos operacionais da Globo, postou comentários onde reclamava das condições de trabalho na emissora: "Atuar é padecer no Projac."

Xuxa Meneghel não gostou dos comentários dos supostos fãs contra aquilo que chamou de "seu jeitinho" de teclar e desabafou: "Vocês estão pegando muito no meu pé, assim não vou mais entrar aqui!" A promessa, no entanto, não foi cumprida porque Xuxa, como uma boa mãe, teve de voltar ao site para defender a própria filha, Sasha, que foi massacrada virtualmente depois que publicou uma notinha onde cometia um erro ortográfico.

Mais descontraídos, Ivete Sangalo e Silvio Luis não se importaram muito em manter a linha, e postaram comentários sobre funções fisiológicas. "Aí gente, soltei um pum!", postou o apresentador da Band.

Não bastassem os problemas provocados pelos próprios famosos, uma leva de perfis falsos coloca mais lenha na fogueira das vaidades do Twitter. Serginho Groisman, Christian Pior, Fábio Assunção, Wagner Moura e Leila Lopes tem se deparado com situações inusitadas por conta dos comentários postados por seus clones virtuais.

O problema é tanto que a cantora Claudia Leitte conseguiu na justiça o direito de tomar seu próprio nome do fã que a havia clonado.

Renato Gaúcho foi surpreendido pela notícia de que teria um perfil no site de miniblogs. Porém, com quase 12 mil seguidores, o Renato Gaúcho genérico tem feito a festa da galera com textos espirituosos.

Comentando os péssimos resultados do time que defendeu por anos, disse: "Começo a acreditar que o problema do Fluminense é remédio para labirintite." Ele fazia uma referência ao caso da cantora Vanusa, que fez uma interpretação sofrível do Hino Nacional, e que atribuiu ao fato de estar sob efeitos de remédios para labirintite.

Bruno Gagliasso reclamou de demora nas gravações
Bruno Gagliasso reclamou de demora nas gravações
Foto: TV Globo / Divulgação
Fonte: Redação Terra
publicidade