PUBLICIDADE

Emma Corrin assume identidade não-binária

"Na minha mente, o gênero simplesmente não é algo fixo, e eu não sei se um dia vai ser", disse a atriz britânica

6 jul 2022 - 20h41
(atualizado em 7/7/2022 às 11h10)
Ver comentários
Corrin também assumiu um antigo relacionamento de seu passado com outra mulher, mas frisou que não rotula sua sexualidade
Corrin também assumiu um antigo relacionamento de seu passado com outra mulher, mas frisou que não rotula sua sexualidade
Foto: Instagram/Miu Miu / Pipoca Moderna

Emma Corrin, que venceu o troféu Critics Choice pelo papel da princesa Diana em "The Crown", assumiu identidade não-binária. Depois de sugerir a mudança sutilmente, com uma descrição de preferência de pronomes em seu perfil no Instagram, Emma assumiu para a revista Vogue que não se identifica mais com os gêneros feminino e masculino.

A revelação foi acompanhada por um ensaio de fotos que reintroduziu a ex-princesa Diana com um visual de sugestão neutra - ainda que o aspecto andrógino exponha uma aparência mais masculina.

"Na minha mente, o gênero simplesmente não é algo fixo, e eu não sei se um dia vai ser. Acho que sempre terei um pouco de fluidez. Eu me sinto melhor quando se referem a mim com pronomes neutros, mas até meus amigos mais próximos usam 'ela', e eu não me importo porque sei que eles me conhecem", comentou na entrevista.

Corrin também assumiu um antigo relacionamento de seu passado com outra mulher, mas frisou que não rotula sua sexualidade. "Comecei a namorar uma garota e contei para a minha mãe, então meu irmão mais novo me mandou uma mensagem dizendo: 'Bem-vinda. Eu sou bissexual há anos'", lembrou.

Com 26 anos, ainda professou sua admiração pela nova geração que "se expressa de forma não-binária em tudo". "Eles são muito mais tranquilos. Nós ficamos presos no meio do caminho", definiu.

Seu próximo filme será "My Policeman", drama de época em que interpreta a namorada de Harry Styles - que esconde ser gay. A estreia está marcada para 4 de novembro em streaming na Amazon Prime Video.

 "Eu me sinto melhor quando se referem a mim com pronomes neutros"
"Eu me sinto melhor quando se referem a mim com pronomes neutros"
Foto: Reprodução / Pipoca Moderna
Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade