0

Atriz Laura Neiva revela como descobriu epilepsia

Atriz foi diagnosticada quando tinha 19 anos de idade

25 mai 2020
11h43
atualizado às 11h59
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
A atriz Laura Neiva
A atriz Laura Neiva
Foto: Instagram/@neivalaura / Estadão Conteúdo

Aos 19 anos de idade, Laura Neiva foi diagnosticada com epilepsia, uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro, que causa desmaios, contrações musculares e respiração ofegante. Quando não tratada imediatamente, pode levar à morte, já que, durante uma crise, é possível ter asfixia.

A doença ainda carrega muito estigma e, para desmistificá-la, a atriz decidiu falar sobre esse assunto nas redes sociais. Ela conta que descobriu a epilepsia quando sofreu a primeira convulsão em casa. "Fui levada para o hospital. Lá eu fui diagnosticada como epiléptica congênita, ou seja, eu nasci com a doença", lembra.

Hoje, aos 26 anos, ela lembra que desde os 14 já sentia um sintoma estranho, como se 'saísse do corpo'. A atriz havia sido informada por um neurologista que o sinal pode ser um dos que antecede uma convulsão. "Hoje, quando sinto isso, é uma hora que tenho que sentar ou avisar alguém. Todo mundo que convive comigo sabe que sou epiléptica e que tomo remédio. É importante avisar às pessoas, falar para todo mundo e não ter vergonha", ressalta.

A atriz confessa que já teve muita vergonha do diagnóstico. "Por muito tempo eu tinha vergonha. Primeiro de dizer que eu tinha uma doença. Depois, tinha muita dificuldade de tomar remédio. Eu achava que meu corpo não ia dar conta de lidar com isso sozinha, que ia ficar dependente. Acabei deixando de tomar, as crises foram piorando e teve alguns acidentes. Até que aconteceu uma situação grave e percebi que o remédio estava ali para me ajudar e me salvar", disse.

Casada com o também ator Chay Suede, Laura Neiva é mãe de Maria, de quatro meses. Ela também falou sobre a experiência da gestação e como foi realizado o manejo da epilepsia.

Assista ao vídeo:

Veja também:

Carol Francischini treina na varanda de sua casa
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade