0

Japonesas trocam namorado real por romance em game

As mulheres japonesas estão cansando dos homens da vida real e trocando-os por romances em um game. E isso tem nome: otome.

24 mar 2018
12h51
atualizado às 12h53
  • separator
  • comentários

No Ocidente, parece ser apenas mais uma “moda estranha” vinda do Japão. Mas por lá o negócio é sério e tem nome: otome. É um tipo de game no qual a jogadora escolhe seu tipo de homem preferido baseado em estilos de mangá. Feita a escolha, inicia-se um relacionamento baseado em troca de mensagens, que são especialmente elaboradas para tocar fundo o coração feminino com gentilezas, cavalheirismos e declarações de amor eterno.

'Ozmafia' apela para o romance tipo "conto de fadas" (literalmente!)
'Ozmafia' apela para o romance tipo "conto de fadas" (literalmente!)
Foto: Divulgação / MangaGamer

Na prática, otomes são como simuladores de romance da vida real, mas em forma de game. E como hoje em dia ter um smartphone é tão essencial quanto respirar, os otomes se tornaram um verdadeiro vício entre as mulheres japonesas.

Nas últimas edições da megafeira Tokyo Game Show, as empresas que ofereciam esses jogos românticos eram disputados a tapas. Literalmente. E isso é absolutamente sintomático em relação ao que ocorre no Japão.

Veja o trailer de Mystic Messenger , um típico otome:

O próprio governo japonês já se preocupa com a queda vertiginosa de casamentos e de nascimentos de bebês no Japão. O levantamento do Instituto Nacional de Pesquisa Populacional e Previdência Social feito de 2017 aponta que 42% dos homens e 44,2% das mulheres entre 18 e 34 anos são virgens atualmente. É mais do que na pesquisa anterior, de 2010, quando 36,2% dos homens e 38,7% das mulheres desta faixa etária declararam o mesmo. E mais: 60% das mulheres e quase 70% dos homens estão solteiros ― e eles não estão dando a menor bola para buscar um relacionamento.

Diante desse quadro e com uma quantidade absurda de estímulos visuais e tecnológicos, os games simuladores de romance ganharam um espaço muito grande no mercado.

'Chikai No Kiss Wa Totsuzen Ni' apela para o romance mais convencional
'Chikai No Kiss Wa Totsuzen Ni' apela para o romance mais convencional
Foto: Divulgação / Takarajimasha

“Nossas usuárias não são gamers hardcore: elas são apenas mulheres que não têm tido muita sorte em busca do amor”, diz Satomi Muro, escritor de diálogos do game Kokuhaku , em entrevista à revista Entertainment Game World edição nº 147.

“É uma forma de as mulheres se recuperarem da exaustão de um dia de trabalho: buscando romance em um mundo de fantasia”, explica Hikari Mizukami, escritor de diálogos do jogo Hakkenden .

Confira um pouco de Period Cube: Shackles of Amadeus , uma espécie de otome MMO:

“A pesquisa que fizemos com nossas usuárias revelou que as mulheres não querem aquela impertinência sexual que os homens buscam nos games. Elas querem ternura e alegria de um amor verdadeiro, querem palavras doces que seus namorados nunca diriam”, diz Yuta Ogi, diretor de marketing da Voltage, empresa que mais publica jogos românticos. Seu título de maior sucesso é Chikai No Kiss Wa Totsuzen Ni , que já foi baixado mais de um milhão de vezes.

Aqui no Ocidente, os otomes não tiveram a mesma repercussão. O primeiro título mais popular foi My Forged Wedding, versão em inglês do próprio Chikai No Kiss Wa Totsuzen Ni, em que o jogador entra em um casamento de aparências que pode se transformar em um romance virtual.

Cansou do namorado real? Troque-o por um pombo em 'Hatoful Boyfriend'
Cansou do namorado real? Troque-o por um pombo em 'Hatoful Boyfriend'
Foto: Divulgação / Mediatonic

Confira cinco títulos que fazem sucesso atualmente no mercado asiático de otomes:

  1. Hakuōki: Kyoto Winds ― Possivelmente um dos maiores otomes japoneses a receber uma versão ocidental em inglês. Aqui você tem versões bonitas dos shinsengumi, policiais japoneses do Século 19.
  2. Ozmafia ― Aqui a coisa descamba pra fantasia e as meninas podem “namorar” com personagens de contos de fadas, como O Mágico de Oz e até... O Gato de Botas.
  3. Period Cube: Shackles of Amadeus ― É uma versão otome do aclamado Sword Art Online . Aqui o otome cai para os lados do MMO.
  4. Mystic Messenger ― Este título sul-coreano é absurdamente popular na Ásia porque traz uma particularidade muito louca: depois de instalar o jogo no seu smartphone, você passa a receber mensagens de chat e até ligações de seu “crush” virtual. O jogo também oferece possibilidade de romance entre mulheres.
  5. Hatoful Boyfriend ― Em vez de namorar um humano, aqui as mulheres namoram um pombo. Sim, faz um tremendo sucesso por lá.

Geek

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade