1 evento ao vivo

Versão de Fortnite para Android não será lançada na Play Store

Para jogar, os usuários terão que fazer o download do jogo no site oficial da Epic Games; empresa quer evitar que Google fique com 30% das receitas

3 ago 2018
20h14
  • separator
  • comentários

A Epic Games anunciou nesta sexta-feira, 3, que a versão do jogo Fortnite para o sistema operacional Android não será disponibilizada na Play Store - a loja de aplicativos oficial da plataforma do Google. A empresa planeja disponibilizar o jogo para download em seu próprio site. Ainda não há informações de quando será lançada a versão para Android do Fortnite.

Há duas razões para a Epic Games tomar essa decisão. A primeira, de acordo com a empresa, é a vontade de manter uma relação direta com os usuários. "O bom da internet e da revolução digital é que isso é possível, agora que as lojas físicas e os distribuidores intermediários não são mais necessários", afirmou o presidente-executivo da Epic Games, Tim Sweeney, ao site americano The Verge.

Existe também uma motivação financeira: não ter que pagar taxas para o Google para colocar o jogo em sua loja. "A taxa de 30% é um custo alto em um mundo em que os 70% dos desenvolvedores precisam cobrir todos os custos de desenvolvimento, operação e suporte aos jogos", afirmou Sweeney. Para o executivo, essa taxa só faz sentido quando se trata de consoles, devido aos valores de investimento envolvidos.

O Fortnite já está fazendo sucesso em celulares: a sua versão para o iOS arrecadou US$ 15 milhões nas primeiras 3 semanas em que esteve na loja da Apple. A Epic Games teve que lançar o jogo no iOS por causa de restrições impostas pela fabricante do iPhone -- ela só roda aplicativos previamente aprovados e que estão em sua loja.

O Google não comentou a decisão da Epic Games. Rumores divulgados nas últimas semanas dão conta de que o lançamento do Fortnite para Android acontecerá junto com o anúncio do Galaxy Note 9, smartphone da Samsung, previsto para quinta-feira, 9. O evento deve marcar o anúncio de um acordo que teria sido fechado entre a Epic Games e a Samsung - o pacto garantiria a exclusividade do jogo para celulares da fabricante por um período específico.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade