0

'Multiplayer' de 'Halo 5' detecta jogadores que trapaceiam

Sistema detecta e rastreia diversos tipos de comportamentos nocivos

16 nov 2015
10h00
  • separator
  • comentários

Os trapaceiros não terão vida fácil em Warzone e nos outros modos multiplayer de Halo 5: Guardians. Segundo um texto publicado pelo estúdio 343 Industries em seu blog oficial, o novo capítulo da saga de Master Chief terá um sistema de monitoramento para encontrar e banir cheaters, ainda mais rigoroso do que um “árbitro do campeonato mundial de beisebol”. E, caso você não assista a jogos de beisebol, isso significa que a ferramenta é muito rigorosa.

 

De acordo com o texto, “Halo 5 foi projetado para detectar e rastrear os mais variados tipos de comportamentos nocivos entre os jogadores”. A lista inclui traições, suicídios intencionais e desconexões em excesso. Se o jogador for pego fazendo algum desses atos repetidamente, ele será banido e impedido de participar de outras partidas.

A ideia é dificultar ainda mais a vida de trapaceiros
A ideia é dificultar ainda mais a vida de trapaceiros
Foto: Microsoft / Divulgação

 

As expulsões não serão necessariamente definitivas. A duração das penas deverá variar de acordo com os “crimes” digitais, mas o estúdio não deu muitos detalhes sobre essa parte.

 

Esses rigor na detecção de trapaceiros parece fazer parte da estratégia da 343 Industries para transformar Halo 5 em um jogo competitivo, na linha de Counter-Strike, pronto para ser usado em competições profissionais de e-Sports. O estúdio inclusive organizará um campeonato mundial no final deste ano, com premiação de US$ 1 milhão.

 

Fonte: Dialoog Comunicação

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade