0

Maior feira de games do mundo, E3 começa com promessas para 2019 e além

Evento, que acontece em Los Angeles até quinta-feira, 14, deu ênfase aos títulos para a próxima geração de consoles

12 jun 2018
05h07
  • separator
  • comentários

Maior feira de games do mundo, a E3 aponta as tendências e os novos títulos que vão tomar a atenção dos jogadores nos próximos meses. No entanto, quem assistiu às conferências realizadas em Los Angeles entre sábado e a tarde de ontem ficou ansioso para o tempo passar mais rápido: os principais anúncios da EA, da Microsoft e da Bethesda, seja em jogos ou em novidades para a indústria, ficaram mesmo para 2019 - ou até depois.

O melhor caso é o da Microsoft: a empresa apresentou mais de 50 jogos diferentes, incluindo diversos títulos exclusivos para seu console, o Xbox One. Para este ano, há o novo jogo de corrida Forza Horizon 4, por exemplo. No entanto, os jogos que mais empolgaram os usuários só saem no ano que vem, caso de Gears of War 5, Halo Infinite ou Cyberpunk 2077. Mais que isso, a companhia deu pistas sobre um novo projeto. "Nosso time de hardware já está pensando o que pode ser o novo Xbox", disse Phil Spencer, líder da divisão de games da Microsoft, anteontem.

Ainda é cedo para saber como pode ser esse novo videogame. Em entrevistas à imprensa, Spencer adiantou apenas que os jogos atuais do Xbox One e dos videogames anteriores da empresa serão compatíveis com o dispositivo futuro.

Conteúdo. A produtora de games Bethesda, especialista em jogos de tiro em primeira pessoa e RPG, também foi outra que empolgou com sua visão de futuro. A companhia anunciou um novo game da série Fallout para o fim do ano, mas o interesse se concentrou em um vídeo curto, de 30 segundos, anunciando que a empresa está trabalhando em um sucessor para The Elder Scrolls V: Skyrim, um dos maiores sucessos recentes dos games. O jogo de aventura e fantasia com estilo medieval já foi lançado para consoles como PS3 e Nintendo Switch.

A empresa também mostrou Starfield, um projeto de ficção científica, situado no espaço, que a produtora secretamente desenvolve há tempos. "É um jogo para a nova geração de consoles", se limitou a dizer Todd Howard, diretor da Bethesda.

No sábado, a produtora de jogos EA foi na mesma linha: a empresa dedicou um bom tempo de sua conferência para falar de Anthem, jogo futurista com combates online. Apesar do destaque, o game só chega no ano que vem - não estava nem ao menos disponível para testes em Los Angeles nesta semana.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade