1 evento ao vivo

Como jogar League of Legends: confira guia com 7 dicas para iniciantes

Conversamos com streamers de LoL e compilamos algumas dicas para ajudar quem está começando a jogar o game; veja também quais são os requisitos mínimos e como baixar

28 nov 2020
05h41
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Quando a sigla LOL é utilizada na internet, na maioria dos casos, é para se referir a um destes dois significados: a expressão Laughing Out Loud, que significa rindo alto quando traduzida do inglês, ou o jogo League of Legends (Liga dos Lendários), que normalmente é referenciado com a letra do meio em caixa baixa: LoL. Como hoje não estamos para risada, o assunto é o jogo.

Lançado pela Riot Games em 2009, League of Legends é tido como um dos principais jogos do gênero MOBA (Arena de Batalha Multijogador Online, na tradução do inglês). Não à toa, o game movimenta multidões ao redor do mundo com eventos como o Campeonato Brasileiro (CBLoL) e o Mundial de League of Legends — que não deixou de acontecer mesmo em um contexto de pandemia. Atualmente, mais de 20 milhões de pessoas jogam LoL diariamente em todo o mundo, segundo dados da Riot Games.

O sucesso é tamanho que a Apple até fez uma parceria com a empresa para oferecer League of Legends: Wild Rift no iPhone 12. Por ser um jogo, no entanto, sobre o qual se escuta muito, mas que nem sempre se sabe jogar, preparamos este material com informações de instalação e 7 dicas para iniciantes que desejam aprender a jogar LoL.

Quais são os requisitos mínimos para executar LoL no computador?

Os requisitos para 'rodar' League of Legends em PCs ou Macs, segundo a Riot Games, são:

No Windows:

- Processador de 3 GHz;

- 2 GB de RAM;

- 12 GB de espaço em disco disponível;

- placa de vídeo compatível com Shader versão 2.0b;

- resoluções de tela de até 1.920 x 1.200;

- suporte para DirectX v9.0c ou melhor;

- Windows 7, 8 ou 10.

No Mac:

- Processador de 3 GHz;

- 2 GB de RAM (com 4 GB de RAM sendo "altamente recomendado");

- 5 GB de espaço em disco disponível;

- NVIDIA GeForce 8600M GT / ATI Radeon HD 2600 ou melhor;

- resoluções de tela de até 1.920 x 1.200;

- OS X 10.10 (Yosemite) ou macOS 10.14 (Mojave).

Como baixar e instalar League of Legends?

Baixar e instalar LoL é simples: basta acessar o site oficial de League of Legends e clicar em "Baixar para Windows" para instalar gratuitamente. No caso de MacBook ou iMac, a opção a ser utilizada é a de "Baixar instalador para Mac". Em ambos os casos, os arquivos são executados no computador e permitem a criação de uma conta.

O que é necessário para criar uma conta no game?

Para criar uma conta para jogar LoL, o que também pode ser feito pelo site do game, é necessário seguir os seguintes passos:

- Inserir e-mail;

- informar data de nascimento;

- definir nome de usuário e senha.

Depois que essas etapas são concluídas, a última ação é concordar com os termos de uso do game. Depois disso, quando os dados são validados, o usuário pode finalmente acessar a interface de League of Legends.

Como jogar League of Legends?

Separamos 7 dicas para iniciantes. Confira abaixo:

1. Conhecer a teoria do jogo

A streamer Manu "Kyure", que faz lives pelo Facebook Gaming, conta que League of Legends é um jogo bastante complexo para quem não está acostumado com o estilo MOBA, o que requer um conhecimento teórico básico para não ficar tão perdido nas primeiras partidas. Para isso, pode ser importante dar uma olhada na página oficial do game, que traz as regras e explicações principais, e acompanhar streamers que transmitem o jogo em plataformas como a Twitch, dando inclusive dicas de quais campeões usar.

Com mais de 140 opções disponíveis, os campeões são personagens do jogo utilizados para disputar uma partida. Cada um deles tem atributos variados, e por isso pode ser útil para um estilo de jogo. Em linhas gerais, o que é importante entender no começo é que LoL normalmente põe em disputa duas equipes com cinco campeões e todos têm que cumprir um único objetivo final: destruir o Nexus, ou seja, a base do adversário.

Mas isso não é tão fácil quanto parece. Para ter sucesso na estratégia, é importante que os jogadores, principalmente aqueles que não têm tanta familiaridade com eSports, conheçam as características dos campeões que estão sendo utilizados, aprendam sobre as runas (atributos dos campeões que podem ser escolhidos antes do jogo começar) e foquem em conseguir ouro ao longo das partidas, o que dá mais sustentação em um ataque ao Nexus do adversário.

2. Testar os campeões em várias rotas

Mapa mais popular do game, o Summoner's Rift conta com quatro rotas para acessar o Nexus do adversário:

- Topo;

- selva;

- meio;

- e bot (parte de baixo do mapa).

Como cada uma tem uma complexidade única, o ideal, segundo Kyure, é testar campeões em todas as rotas antes de focar em um caminho. "Acredito que o campeão 'certo' seja o que você gosta mais do estilo de jogo, do jeito que ele ataca e recua", explica. De acordo com a streamer, além dos próprios atributos, o jogo pode ser até melhor aproveitado quando se observa o simbolismo de cada personagem. Para isso, Kyure indica levar em consideração a chamada "lore" (história de cada campeão) para se identificar com a personalidade dos avatares.

"Se você procura por diversão, o ideal é que você pegue o campeão que você gosta mais e jogue com ele até você dominar a rota que ele joga. É apenas questão de tempo", destaca. Um ponto importante é que, enquanto no topo do mapa os jogadores costumam ter confrontos individuais com os adversários, na parte de baixo é normal que as disputas sejam de dois contra dois.

3. Focar em poucos campeões no começo

No momento de definição dos campeões, segundo Kyure, focar em apenas um avatar pode funcionar bastante no começo, mas torna o jogador limitado quanto às possibilidades do jogo - o que não é tão recomendado. "Você fica muito bom com esse campeão e praticamente ninguém ganha de você, mas, por outro lado, se alguém bane/ou pega ele, você não tem muitas opções além de jogar com outro campeão que não domina muito", explica. Em meio a isso, a dica que ela dá é focar em ao menos um campeão para cada rota, o que torna o jogador mais versátil e faz com que ele consiga jogar em todas as partes do mapa.

Para Caio "Loop" Almeida, streamer e jogador profissional de LoL da HU Storm, a maior dica para escolher campeões é olhar as artes gráficas, entender as habilidades dos personagens e analisar se você gosta dele ou não. "Pode parecer bobo, mas se identificar ou gostar do visual e das habilidades do campeão é o que mais vai te dar gosto pelo jogo. Gostando do jogo e do campeão, você vai ter mais facilidade para jogar e aprender", diz. Segundo ele, a maior armadilha é se perguntar "será que esse campeão é forte?", já que o LoL trabalha com mudanças quinzenais no jogo.

"Mesmo que o campeão que você tem afinidade não seja o mais 'forte', muito provavelmente ele vai ficar mais forte em breve", explica. Para Loop, o mais eficiente é focar em um de cada vez, o que evita cair na armadilha de dominar vários ao mesmo tempo. "Se o tédio bater, escolha outro campeão com estilo ou visual diferente, mas volte para o primeiro assim que puder", orienta.

4. Desenvolver o timing no jogo

Outro ponto que, segundo Kyure, deve ser desenvolvido ao longo das partidas é o timing, principalmente para voltar à própria base. Para ela, se até os profissionais pecam nesse quesito, é muito mais difícil que os iniciantes tenham esse timing de imediato — ainda assim, é importante que eles comecem a observar desde cedo. "A hora certa de retornar à base se baseia na quantidade de ouro que você possui. Geralmente, você escolhe retornar para conseguir comprar algum item muito necessário para o seu campeão. Mas, em muitas vezes, é difícil ter esse controle, pois você pode acabar tomando dano e ter que voltar antes para não morrer", explica.

O ouro, ao qual ela se refere, é obtido enquanto os campeões vão matando oponentes do exército adversário e vencendo confrontos. "Com esse ouro, você compra itens core (que são essenciais para o seu campeão) para que ele tenha um nível de força maior naquele momento da partida", diz. Segundo complementa Loop, "a melhor hora de voltar à base é quando estiver sem recursos (vida ou mana) ou quando tiver acumulado ouro para comprar algum item, por menor que seja". De acordo com o streamer, depois de pegar experiência, os jogadores pegam alguns truques e conseguem adquirir um melhor timing para voltar.

Enquanto isso, pode ser importante focar em ações mais simples e jogadas mais diretas. "Se o time estiver meio perdido, os jogadores têm que buscar jogadas individuais para tentar abrir um pouco, sempre pensando 'O que de melhor eu posso fazer com meu campeão nesse momento do jogo?'", destaca Loop.

5. Não ter pressa para destruir o Nexus do adversário

Todos sabem que o objetivo do jogo é destruir o Nexus do adversário, mas não é possível fazer isso de forma destrambelhada. "As táticas para chegar ao Nexus adversário precisam se basear nos objetivos do jogo. Existem dragões, arautos e outros objetivos a serem feitos antes. Eles dão direito a alguns atributos na partida que são muito importantes para a vitória acontecer", explica Kyure. Para ela, os times que andam juntos e focam em objetivos tendem a ganhar mais partidas em League of Legends.

Para Loop, essa maturidade sempre vai vir naturalmente com os erros que são cometidos. "Sempre que algo não der certo, o pensamento tem que ser de entender o porquê daquilo ter dado errado. O melhor jeito vai ser focar nos objetivos neutros: dragões, arauto e torres. Sempre mire em um com seu time e explore o melhor jeito para conquistá-lo. Depois, escolha outro", orienta.

6. Melhorar a comunicação com a equipe

Quando se joga sozinho, League of Legends não possui nenhum canal de voz entre a equipe, mas ainda assim é possível fazer uma comunicação básica. Para isso, existem duas maneiras de se comunicar dentro da partida: por Pings (mensagens como 'Estou a caminho', 'Cuidado' e outros comandos) e pelo Chat de texto. É sempre importante prestar atenção nesses comandos para ter uma melhor noção do posicionamento de cada membro da equipe e, assim, poder imaginar o que cada um quer fazer.

Para além das formas de comunicação nativas de LoL, o melhor jeito de ganhar no game, segundo Loop, é jogar com pessoas conhecidas, se possível, podendo se comunicar com elas por voz. Isso dá muitas vantagens e facilita a dinâmica ao longo do jogo. "Para os iniciantes, também recomendo perguntar bastante aos adversários e companheiros de equipe dúvidas sobre o jogo. Muitas vezes, isso vai te dar a chance de aprender e de encontrar outras pessoas para jogar", orienta.

7. Evitar erros bobos

Por fim, quando se é um jogador iniciante em LoL, é recomendável se policiar principalmente com alguns erros mais frequentes. Para Kyure, os principais deles são:

- Subestimar o adversário;

- 'fazer' itens que não combinam com seu campeão;

- não seguir a chamada de seus companheiros de equipe;

- não focar nos objetivos do jogo;

- não prestar atenção no minimapa.

Já para Loop, o maior erro pode ser se deixar estressar nas partidas de LoL logo de cara, o que acaba tirando a concentração e fazendo com o que os jogadores não aproveitem tanto. "O jogo é feito para ser divertido e ser jogado com outras pessoas, até pegar o gosto e ir para as ranqueadas. O foco tem que ser na diversão e na interatividade. Depois de uns bons meses e muita prática, aí sim se leva para o lado competitivo e em ficar realmente bom", diz o jogador.

Veja também:

Affonso Solano e KelvinOuteiro jogam Castlevania
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade