7 eventos ao vivo

BGS 2019: maior evento de games da América Latina é aberto ao público nesta quinta-feira

Brasil Game Show terá expositores como Xbox e Nintendo e oportunidades de negócios no mundo dos games; confira programação e preço dos ingressos

5 out 2019
05h11
atualizado em 10/10/2019 às 08h35
  • separator
  • 0
  • comentários

Começa nesta quinta-feira, 10, a 12ª edição da Brasil Game Show (BGS), maior evento de games da América Latina e terceiro maior evento de games do mundo. A feira foi aberta nesta quarta, 09, com programação exclusiva para a imprensa e público convidado. Neste ano, a BGS será realizada na Expo Center Norte, na zona norte de São Paulo (SP), até o próximo domingo, 13. Com expectativa de receber mais de 300 mil visitantes, a feira dará ao público a chance de testar jogos inéditos, participar de campeonatos de desenvolvimento de jogos e concursos de cosplay.

Será ainda a chance de ver conhecer os estandes de três fabricantes de consoles do momento - Xbox, Nintendo e PlayStation. "Nem a E3, que é referência mundial, conseguiu isso em 2019. É algo que mostra a paixão do jogador brasileiro", avalia Marcelo Tavares, presidente executivo e criador da BGS.

Além das gigantes dos games, o evento também traz encontro com desenvolvedores conhecidos em todo o mundo. Um dos convidados será Hidetaka Miyazaki, desenvolvedor de Sekiro e Dark Souls. "Foi uma grande surpresa a vinda do Miyazaki porque ele é bem introspectivo e tímido", comemora Tavares.

A feira contará ainda com a presença de John Romero, criador de clássicos como Doom, que introduziu os jogos de tiro em primeira pessoa no mercado. Retornam à feira Charles Martinet, dublador de Mario, e Yoshinori Ono, produtor de Street Fighter. Também estará presente o trio de Grand Theft Auto (GTA) Ned Luke, Solo e Steven Ogg. Gay Stern, presidente da Stern Pinball, é outro dos confirmados no Brasil Game Show. A empresa é a única que produz máquinas de pinball (o antigo fliperama) atualmente.

Tavares conta que a organização do evento dura o ano todo e demanda uma equipe grande. "É um trabalho de um ano inteiro para que a próxima edição saia. Além das pessoas na nossa equipe trabalhando conosco, são milhares de pessoas contratadas através de terceirizadas", explica.

A Brasil Game Show foi realizada pela primeira vez em 2009 como Rio Game Show, no Rio de Janeiro (RJ). Em onze edições, o evento já recebeu mais de 1,8 milhão de pessoas. A pedidos das empresas patrocinadoras, porém, a Brasil Game Show não revela os lucros ou montante movimentado.

O Brasil Game Show terá mais de 400 expositores de vários ramos como tecnologia, telecomunicações, varejistas e alimentação. Além das gigantes dos games, também marcam presença empresas como Panini, Saga, Twitch e Crunchyroll Games. Confira a programação do evento:

Playstation: lançamento de Death Stranding e Final Fantasy VII

Uma das novidades mais aguardadas pelo público é a chance de testar Death Stranding, o novo game de Hideo Kojima, responsável pela clássica série Metal Gear Solid. Com lançamento previsto para 8 de novembro, Death Stranding é o primeiro game de Kojima desde sua saída litigiosa da Konami, em 2015. O game designer foi inclusive homenageado na edição de 2017 da Brasil Game Show.

Death Stranding foi anunciado oficialmente durante a conferência de imprensa da Sony na E3 em 2016. O jogo já consta no catálogo da Sony e está em pré-venda vendido por R$249. Confira o trailer de Death Stranding:

Os fãs também aguardam o remake de Final Fantasy VII, lançado originalmente em 1997.

Nintendo: The Legend of Zelda: Link's Awakening

Após passar anos sem ter um estande na BGS e com uma presença tímida, apenas para convidados, em 2018, a Nintendo terá um espaço próprio para os fãs que quiserem experimentar os jogos do Nintendo Switch, console não vendido oficialmente no Brasil. O destaque desta feira é o relançamento de The Legend of Zelda: Link's Awakening, lançado originalmente para Game Boy em 1993.

Na nova versão, a trilha sonora foi refeita e há várias melhorias gráficas e mudanças no design, como os personagens se assemelharem a miniaturas. Alguns detalhes do game de 1993, como as duas roupas extras para o protagonista Link, foram mantidos. O game está é vendido no site da Nintendo por R$ 250,79.

Xbox: Gears 5 e PES 2020

Fabricante do Xbox, a Microsoft também terá um estande próprio na BGS - aqui, o palpite é de que o estande da empresa na feira será dedicado a Gears 5, jogo de guerra lançado pela empresa em setembro. A Microsoft também deverá ter um espaço para o futebolístico PES 2020, lançado no último dia 10. Uma das novidades é o fim da PES League, torneio realizado nas edições anteriores. Desenvolvido pela Konami, o game pode ser encontrado a R$ 169,90 no mercado nacional e também tem versão para Playstation 4.

Video Game Orchestra

O Brasil Game Show receberá ainda a Video Game Orchestra. O grupo, criado pelo produtor musical Shota Nakama, é formado por quarenta músicos e tocará pela primeira vez no Brasil. Em uma apresentação de duas horas, a orquestra tocará a trilha sonora de vários jogos como Final Fantasy, Castlevania, Metal Gear e Sonic, dentre outros.

"Eu pessoalmente tenho muita expectativa, já acompanhei apresentações deles fora do país e são muito lindas", afirma Marcelo Tavares. Os concertos serão nos dias 11 e 12 e já estão incluídos no valor dos ingressos, sem custo adicional.

Campeonatos de jogos e concurso de cosplay

Os inscritos poderão participar de campeonatos de jogos, como o torneio mundial de Mortal Kombat. Outro clássico que terá lugar no evento é Counter-Strike, um dos mais famosos jogos de tiro em primeira pessoa do mundo. Neste ano, a arena de esportes terá um design parecido com dos jogos da NBA: a plateia estará dividida em arquibancadas e camarotes e um painel de LED estará nas paredes de toda a arena.

Outra competição na programação do evento é o concurso de cosplays. Nesta edição, são mais de dois mil cosplayers registrados para representar diversos ícones da cultura pop, como personagens de jogos, filmes e animações. "Você vê que a pessoa às vezes nem tem tanto recurso assim, mas chega a gastar R$ 5 mil em uma roupa. Ela dá a vida por um personagem", afirma Marcelo Tavares. Neste ano, o concurso terá o momento Marvel, focado apenas em cosplayers de quadrinhos e filmes da companhia. Um dos jurados do concurso de cosplay será Yoshinori Ono.

BGS Jam: estágio em estúdio de animação e prêmio de R$ 6 mil

Além de conhecer desenvolvedores famosos, quem quer viver de games tem outra oportunidade de crescimento profissional na feira. É o BGS Jam, um campeonato de programação de jogos de 48 horas ininterruptas, em que os desenvolvedores ficam confinados sem poderem sair para dormir ou comer.

Ao final do prazo, cada equipe de três membros entrega o protótipo de jogo que desenvolveu. O melhor game será eleito pelos próprios frequentadores do evento, que vão testar cada uma das demos. Os vencedores ganham uma vaga de estágio na desenvolvedora de jogos paulistana SkullFish Studios e um prêmio de R$ 6 mil.

"É quase um reality show de criação de games e geralmente saem jogos muito bons. Claro que você apresenta uma pequena demo, mas os desenvolvedores mostram o potencial e, com o estágio, têm a oportunidade de transformar esses sonhos em realidade", afirma Marcelo Tavares.

Dentre as dez equipes selecionadas pela organização do evento para a disputa deste ano, estão competidores de várias cidades de São Paulo, de Curitiba (PR) e do Rio de Janeiro (RJ). Para participar, é preciso ser estudante de graduação, curso técnico ou pós-graduação de cursos relacionados ao desenvolvimento dos jogos.

O BGS Jam começa às 15h do dia 9 e vai até às 15h do dia 11. A equipe vencedora será anunciada pela organização às 18h do dia 13, no encerramento do evento.

Quanto custa ir na Brasil Game Show

O pacote que garante acesso a todos os dias de evento e o ingresso individual para o sábado, 12, já estão esgotados. De acordo com o site do evento, a programação de domingo também está próxima da capacidade máxima, com 90% dos ingressos vendidos.

O primeiro lote começou a ser vendido em 6 de dezembro, com preço promocional de R$ 49,90. Já o pacote promocional para todos os dias de evento começou a ser vendido por R$ 147.

Para quem quer acompanhar todo o evento, porém, ainda há opções de pacotes que garantem vários outros benefícios, como open bar e entrada antes do horário de início do evento. Menores de cinco anos de idade não pagam entrada. Confira os valores de cada pacote:

Ingresso individual: R$ 125

Disponível para os dias 10, 11 e 13 de outubro

Preço de meia-entrada para estudantes, professores, idosos, visitantes que doarem 1kg de alimento não perecível e clientes Ourocard Banco do Brasil

Pacote Premium: R$ 799

Entrada nos cinco dias de evento

Acesso diferenciado sem filas, uma hora antes do início do evento

Na quarta, 09, entrada liberada a partir das 15h

Acesso ao dia restrito à imprensa

Acesso à área B2B

Ingresso Business: R$ 699

Entrada nos cinco dias de evento

Acesso diferenciado sem filas, uma hora antes do início do evento

Na quarta, 09, entrada liberada a partir das 15h

Acesso à área B2B

Camarote All Inclusive: R$ 1.699

Acesso ao dia restrito à imprensa

Acesso aos cinco dias de evento

Acesso diferenciado sem filas, uma hora e meia antes do início do evento

Na quarta, 09, entrada liberada a partir das 15h

Open drink de energéticos e snacks

Espaço beleza

Kit com chinelo, camiseta e copo

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade