0

Flip anuncia que não vai mais homenagear Elizabeth Bishop

Escolha de poeta americana que viveu no Brasil foi criticada pela comunidade literária

14 ago 2020
22h24
atualizado em 16/8/2020 às 11h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) anunciou por meio de uma nota do diretor artístico Mauro Munhoz no jornal O Globo que a poeta americana Elizabeth Bishop não será mais a homenageada do evento em 2020.

"Com a saída da curadora convidada, a homenagem a Elizabeth Bishop, parte do Programa Principal da Flip, é encerrada com o Ciclo da Autora Homenageada, realizado em parceria com o Sesc", afirmou o diretor artístico.

Nesta semana, a jornalista Fernanda Diamant deixou a curadoria do evento após uma série de eventos digitais realizados em parceria com o Sesc durante o período em que o evento presencial originalmente aconteceria.

Diamant afirmou, ao comunicar sua saída da curadoria da Flip, que a festa precisa de "uma curadora negra para reinventá-la nesse mundo pós-pandemia".

Bishop viveu por cerca de 15 anos no Brasil em vários períodos entre 1951 e 1971, mas sua escolha pelo evento foi criticada por não priorizar nomes mais ligados à literatura brasileira que completavam centenário em 2020, como João Cabral de Melo Neto, e também por declarações simpáticas ao golpe militar de 1964 dadas pela poeta à época.

Ainda não há informação sobre quem assumirá a curadoria da Flip e qual nome será o próximo objeto de homenagem por parte do evento.

Veja também:

CBLoL 2021 promete evolução no cenário
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade