PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Sony Pictures pode comprar a Paramount, diz jornal; estúdio detém 'Star Trek', 'Top Gun' e MTV

Segundo o The New York Times, Sony se juntou com grupo de investimento para adquirir a Paramount. No entanto, negociação ainda tem alguns entraves

19 abr 2024 - 14h57
(atualizado às 15h29)
Compartilhar
Exibir comentários

A Sony pode estar interessada em comprar a Paramount, um dos mais tradicionais estúdios de cinema. Com isso, além de franquias como Top Gun, Star Trek e Bob Esponja, a empresa japonesa levaria também outras marcas ligadas ao conglomerado, como a MTV, CBS e a Nickelodeon, além do Paramount+, streaming pertencente à marca.

Foto: Sony Pictures, Paramount Pictures / Canaltech

De acordo com o jornal The New York Times, a Sony Pictures Entertainment estaria negociando com a Apollo Global Management, empresa conhecida no segmento de investimentos alternativos, para uma parceria que facilitasse fechar o negócio. No entanto, fontes próximas a essas negociações apontam que tudo ainda está em um estágio bastante inicial.

Além de todas as franquias pertencentes à marca, Sony também pode levar o Paramount+ caso a aquisição seja concretizada (Imagem: Divulgação/Paramount+)
Além de todas as franquias pertencentes à marca, Sony também pode levar o Paramount+ caso a aquisição seja concretizada (Imagem: Divulgação/Paramount+)
Foto: Canaltech

Segundo elas, as duas empresas ainda precisam lidar com algumas questões antes de fazer uma oferta formal, o que apenas reforça o caráter prematuro de toda a tratativa.

O que chama a atenção nisso tudo é que a Sony entra muito mais para reforçar as pretensões da Apollo do que o inverso. O grupo de investimento já havia feito duas ofertas anteriores para a compra da empresa, a primeira em US$ 11 bilhões apenas pela Paramount Pictures e outra de US$ 26 bilhões pela companhia como um todo — incluindo suas dívidas. 

Top Gun é uma das principais franquias da Paramount nos cinemas (Imagem: Divulgação/Paramount Pictures)
Top Gun é uma das principais franquias da Paramount nos cinemas (Imagem: Divulgação/Paramount Pictures)
Foto: Canaltech

Essas duas ofertas foram recusadas porque a National Amusements, empresa que controla a Paramount, preferiu seguir com as negociações de fundir a marca com a Skydance, outra empresa de mídia que também está de olho na companhia. Nesse sentido, essa união parece estar em um estágio mais avançado.

E é aí que a Sony entra na briga. Ao se juntar à Apollo, acredita-se que haja um poder de negociação muito maior, além de trazer vantagens para a própria Paramount no processo, como compartilhamento de tecnologia e talentos.

De olho no espólio

Para a Sony, a compra da Paramount seria vantajosa em vários aspectos. A principal delas seria o controle da operação do estúdio de cinema, um dos mais tradicionais de Hollywood. Isso incluiria abocanhar algumas franquias bastante famosas no cinema, como Top Gun, Missão Impossível, Star Trek e Transformers — apenas para citar algumas.

Com aquisição, Star Trek iria para onde a franquia jamais esteve: na Sony (Imagem: Reprodução/Paramount Pictures)
Com aquisição, Star Trek iria para onde a franquia jamais esteve: na Sony (Imagem: Reprodução/Paramount Pictures)
Foto: Canaltech

Só que as coisas se ramificam ainda mais. Como a Paramount é detentora de marcas como Nickelodeon, CBS, MTV, Showtime e tantas outras, o catálogo de produções que ficariam sob o guarda-chuva aumenta ainda mais. Títulos como South Park, Bob Esponja e todos aqueles reality shows da MTV passariam a ser de sua propriedade.

Isso sem falar, é claro, do Paramount+. Embora o streaming não seja um dos grandes players do mercado, trata-se de um serviço ainda não explorado pela Sony. A junção das duas marcas daria à japonesa a plataforma e a Paramount poderia ser muito beneficiada com conteúdos exclusivos da Sony. Não seria estranho imaginar, por exemplo, produções de Ghostbusters, Jumanji e até do Homem-Aranha ganhando um novo lar no futuro.

Só que, como dito, tudo isso ainda é apenas conjectura. Por enquanto, a Sony apenas demonstrou interesse, como o The New York Times antecipou, tudo ainda está em um estágio bastante inicial de negociações. De qualquer forma, é um movimento importante para ficar de olho nos próximos meses.

Fonte: The New York Times

Os atores mais amados pelo Brasil Os atores mais amados pelo Brasil

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade