0

Em tempos difíceis para a indústria do cinema, "The Marksman" lidera bilheterias nos EUA com US$2 mi

24 jan 2021
16h15
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Por Brent Lang

LOS ANGELES (Variety.com) - Rezar pelas salas de cinema: esse é o lema.

"The Marksman", um filme de suspense com Liam Neeson e lançado pela Open Road, manteve o primeiro lugar pelo segundo fim de semana consecutivo nas bilheterias dos EUA e Canadá, arrecadando pouco mais de 2 milhões de dólares. O filme acumulou 61 milhões de dólares em 10 dias em cartaz.

O desempenho permite que o filme mantenha o posto de campeão de bilheteria, mas esse tipo de distinção não é a mesma coisa que em tempos pré-pandêmicos, uma vez que os cinemas seguem fechados de maneira indefinida em grandes mercados como Nova York e Los Angeles.

Na verdade, a situação da indústria de cinema é um terreno infértil e incerto e com a campanha de vacinação sendo dificultada pela falta de vacinas, o setor não tem um horizonte positivo à vista. Há pouca coisa que prenuncie uma rápida recuperação para um segmento da economia que foi dizimado pela crise de saúde pública.

Na semana passada, a MGM cedeu ao inevitável e empurrou o lançamento de sua sequência de James Bond, "Sem Tempo Para Morrer", de abril para 8 de outubro. O filme era inicialmente pensado para estrear na primavera de 2020 (outono no Hemisfério Sul), antes que a Covid-19 mudasse tudo.

O adiamento do filme de Bond gerou uma enxurrada de outros adiamentos, com filmes como "Morbius", "Ghostbusters: Mais Além", "Cinderella" e "Um Lugar Silencioso: Parte II" sendo empurrados para o final do ano na esperança de superar uma pandemia que continua matando pessoas em um ritmo alarmante.

Ao mesmo tempo, Adam Aron, CEO da AMC, empresário do ramo que beirou a ruína financeira em grande parte por conta do coronavírus, foi objeto de uma longa reportagem no New York Times, no qual ele procurou tranquilizar Wall Street dizendo que a rede de cinemas renegociará sua dívida e se recapitalizará (novamente) a fim de se recuperar da crise.

Veja como os concorrentes da AMC se saíram. "Os Croods 2: Uma Nova Era", da DreamWorks Animation, arrecadou 1,8 milhão de dólares em sua nona semana em cartaz, elevando o faturamento doméstico para 41,8 milhões de dólares. Internacionalmente, o filme arrecadou 1,6 milhão de dólares em 17 países, elevando o total arrecadado global para 139,8 milhões de dólares.

"Mulher-Maravilha 1984", da Warner, abocanhou 1,6 milhão de dólares no mercado interno. O filme de super-heróis também estreou no HBO Max em uma tentativa de atrair assinantes para o serviço de streaming da Warner. Internacionalmente, "Mulher-Maravilha 1984" arrecadou 2,1 milhões de dólaes. O total global que o filme amealhou é de 148 milhões de dólares.

"Monster Hunter", da Sony Pictures, uma adaptação cinematográfica de um jogo popular de videogame, arrecadou 820 mil dólares neste fim de semana, com um faturamento interno total de 10,2 milhões de dólares.

"News of the World", da Universal, um faroeste com Tom Hanks que também está disponível no streaming, abocanhou 810 mil dólares. O filme arrecadou ao todo 9,6 milhões de dólares no mercado interno após cinco semanas em cartaz.

Veja também:

Karol Conká: os efeitos e o perigo do cancelamento
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade