5 eventos ao vivo

Top 10 das séries online destaca volta de Star Trek: Discovery

16 out 2020
15h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Divulgação/CBS All Access / Pipoca Moderna

Num fim de semana com muitas estreias da Netflix, a série mais esperada é uma continuação, a 3ª temporada de "Star Trek: Discovery", que basicamente reinventa a atração. A lista ainda inclui dramas adolescentes, comédias, um terror francês de época e animações, incluindo um anime clássico japonês.

Confira abaixo as 10 séries que movimentam o streaming neste fim de semana.

Star Trek: Discovery | EUA | 3ª Temporada

A produção que revitalizou a franquia "Star Trek" avança no tempo em seus novos episódios, mais exatamente 930 anos no futuro, para levar a nave Discovery a uma época em que a Federação dos Planetas Unidos - e tudo que a tripulação conhece e acredita - não existe mais. Seu desafio passa a ser resgatar os antigos valores de paz, fraternidade e prosperidade de sua origem histórica num tempo de distopias e desilusão - que serve de analogia para o mundo atual. A viagem no tempo também muda a perspectiva da série, que começou como prólogo da primeira "Star Trek" de 1966, fazendo sua cronologia avançar para além até de "Star Trek: Pìcard". Este recurso narrativo abre uma infinidade de possibilidades para os roteiristas, livrando-os das amarras canônicas ao colocar os personagens num período histórico nunca antes abordado na saga intergaláctica. Com capítulos disponibilizados semanalmente às sextas, um dia após a exibição nos EUA, a temporada chega ao streaming com as críticas mais positivas já recebidas pela atração (100% no Rotten Tomatoes), trazendo ainda a bordo os primeiros personagens trans e não-binário do universo trekker.

Disponível na Netflix

Grand Army | EUA | 1ª Temporada

Criada por Katie Cappiello e inspirada em sua peça "Slut", a nova série dramática adolescente da Netflix acompanha alunos da maior escola pública de ensino médio do Brooklyn, em Nova York, enquanto lutam para ter sucesso, sobreviver, se aventurar e conquistar um lugar no futuro. Entre eles está a adolescente Joey Del Marco (Odessa A'zion, da série "Fam" e filha da comediante Pamela Adlon), que sofre uma agressão sexual e ao buscar justiça ocasiona rupturas na escola. O realismo da abordagem de vários temas polêmicos, como violência sexual, racismo e bullying, recebeu muitos elogios da crítica americana. Com 83% de aprovação, a série é uma rara e bem-vinda exceção na programação da plataforma, repleta de produções sobre adolescentes de mentirinha vivendo crises superficiais e romances de Sessão da Tarde. Além disso, seu elenco de jovens estreantes está cheio de revelações.

Disponível na Netflix

La Révolution | França | 1ª Temporada

Terror de época, a série reconfigura a Revolução Francesa como uma trama de pseudos vampiros-zumbis. O protagonista é uma figura real, o médico Joseph-Ignace Guillotin (Amir El Kacem, de "Comboio Furioso"), cujo nome é associado à invenção da guilhotina, mas que na trama é responsável por descobrir o vírus estranho que infecta a aristocracia, transformando os nobres em canibais de sangue literalmente azul, após o rei Louis XVI realizar rituais profanos em busca da perpetuação eterna do Ancien Régime. A série foi criada por Aurélien Molas ("Trauma") e tem escala épica, locações históricas, figurino caprichado e elenco numeroso, mas nenhuma intenção educativa.

Disponível na Netflix

Alguém Tem que Morrer | México | Temporada Única

Estrelada por Carmen Maura ("Volver"), atriz espanhola de vários filmes de Pedro Almodóvar, a minissérie é ambientada nos anos 1950 e acompanha uma família tradicional e conservadora, que vive de falsas aparências. A trama envolve a volta do filho Alejandro à casa dos pais, que planejam apresentar-lhe à noiva num casamento arranjado. Entretanto, eles são surpreendidos quando o rapaz chega acompanhado por um misterioso bailarino, que causa tumulto no cotidiano da família. Carmen Maura é a matriarca da família e o elenco também destaca Alejandro Speitzer (de "Desejo Sombrio") como o protagonista e Ester Expósito (de "Elite") como sua noiva. Por curiosidade, os dois são um casal na vida real. Criada por Manolo Caro (o criador de "A Casa das Flores"), a atração tem apenas três episódios.

Disponível na Netflix

Distanciamento Social | EUA | Temporada Única

Produzida pela produtora-roteirista Jenji Kohan (criadora da série "Orange is the New Black"), a comédia realizada no auge da pandemia conta histórias passadas durante a quarentena, registrando a interação do elenco com companheiros de isolamento e também por meio de videoconferências. A ideia é similar a antologia "Amor e Sorte", da Globo, inclusive no detalhe dos casais reais (Becky Ann Baker e Dylan Baker, por exemplo), mas com mais Zoom. São oito episódios independentes com narrativas que enfatizam conversas por celular e webcam sobre temas como isolamento, solidão, tédio, amor e até o movimento Black Lives Matter (vidas negras importam). No elenco, estão alguns atores conhecidos dos fãs de séries, como Mike Colter (o "Luke Cage"), Danielle Brooks ("Orange Is the New Black"), Asante Blackk ("This Is Us"), Peter Scanavino ("Law & Order: SVU"), Guillermo Diaz ("Scandal") e Oscar Nunez ("The Office").

Disponível na Netflix

Athena | Reino Unido | 1 Temporada

A série teen britânica de 2018 projetou Ella Balinska e traz a estrela do recente "As Panteras" como uma modelo que, após acabar a carreira com comentários impulsivos, decide entrar numa escola de artes visuais para virar estilista de moda e criar seus próprios vestidos. A trama acompanha sua trajetória na prestigiosa escola que batiza a atração, enquanto faz amizades com os mais diferentes estudantes. Criada por Holly Philips ("Nearly Famous"), a atração tem 26 episódios, uma vibe de "jovens artistas iniciantes" que antecipou "Katy Keene" (disponível na HBO Go) e ainda não foi renovada.

Disponível na Globoplay

Dando um Tempo com Bert Kreischer | EUA | 1ª Temporada

O comediante Bert Kreischer convida amigos para o acompanharem em seu isolamento numa cabana no meio da floresta para cuidar da mente, do corpo e da alma.

Disponível na Globoplay

4 Contra o Apocalipse | EUA | 3ª Temporada

A adaptação animada dos livros de Max Brallier acompanha os quatro últimos adolescentes da Terra, que vivem numa casa de árvore enfeitada, jogam videogame, empanturram-se de doces e lutam contra zumbis, dragões e monstros variados após o apocalipse. O elenco de dubladores é liderado por Nick Wolfhard, o irmão mais velho de Finn Wolfhard (da série "Stranger Things") e a lista de convidados inclui vozes monstruosas de Mark Hamill (o Luke Skywalker de "Star Wars"), Catherine O'Hara (a mãe de "Esqueceram de Mim"), Bruce Campbell (o Ash de "Evil Dead") e Rosario Dawson (a Claire Temple de "Luke Cage"). Na nova temporada, um breve contato de rádio revela que os protagonistas não são realmente os sobreviventes finais da humanidade.

Disponível na Netflix

Kipo e os Animonstros | EUA | 3ª Temporada

A última temporada da série pós-apocalíptica conclui a trama com 10 episódios, em que a protagonista enfrenta seu inimigo mais assustador: Dra. Emilia, que planeja eliminar as criaturas mutantes para tornar a superfície "segura" para os humanos. Mas Kipo tem uma visão otimista de que todos podem conviver. Para realizar esse sonho, ela deve se apoiar em seus amigos e assumir um papel para o qual pode não estar pronta. Produzida pela Dreamworks Animation, a série é uma criação de Radford Sechrist (desenhista de "Kung Fu Panda 2" e "Como Treinar o seu Dragão 2") e Bill Wolkoff (roteirista de "Star Wars: Rebels" e "Once Upon a Time") e destaca em seu elenco de vozes a atriz Karen Fukuhara ("The Boys" e "Esquadrão Suicida") como Kipo.

Disponível na Netflix

One Piece | Japão | 1ª Temporada

Um dos animes mais famosos de todos os tempos, a produção de 1999 baseada no mangá de Eiichiro Oda chega na Netflix remasterizada e redublada. Só a 1ª temporada tem 130 episódios, que seguem um grupo de piratas liderado por Monkey D. Luffy. O garoto pretende se tornar o Rei dos Piratas e para isso deve encontrar o lendário One Piece, um tesouro escondido capaz de torná-lo imbatível, segundo as lendas. O problema é que ele não é o único atrás da fortuna. O sucesso da série se deve à sua capacidade de alternar ação e melodrama, com temas como família, perda e perseguição de sonhos. Atualmente, já são mais de 900 episódios lançados - sem contar os longas animados - , o que faz de "One Piece" um dos animes mais longos já produzidos.

Disponível na Netflix

Veja também:

Kate Winslet lamenta ter trabalhado com Polanski e Allen
Pipoca Moderna Pipoca Moderna
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade