PUBLICIDADE

Presidente da DC Films confirma redução do papel de Amber Heard em "Aquaman 2"

24 mai 2022 16h48
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação/Warner / Pipoca Moderna

Em quem acreditar? As equipes de Johnny Depp e Amber Heard apresentaram depoimentos completamente divergentes sobre o impacto dos processos do ator na carreira da atriz.

Nesta terça (24/5), a acusação introduziu um vídeo em que Walter Hamada, presidente da DC Films, negou as alegações de que a participação da atriz em "Liga da Justiça", "Aquaman" e sua continuação tenham sido afetadas devido aos processos judiciais movidos por Depp. Mas confirmou que a atriz perdeu sim espaço na franquia.

Hamada afirmou que a prioridade da Warner foi honrar acordos que já haviam sido assinados anteriormente e foi isso que aconteceu com Amber em "Aquaman 2". Entretanto, ele confirma que o papel dela foi bastante reduzido na nova continuação. Isto teria acontecido devido à falta de química com o ator Jason Momoa.

"Eles não tinham muita química juntos", disse Hamada. "Editorialmente, eles conseguiram fazer esse relacionamento funcionar no primeiro filme, mas havia uma preocupação de que fosse preciso muito esforço para chegar lá", ele afirmou.

Vale lembrar que Hamada é o executivo que Ray Fisher, intérprete de Ciborgue em "Liga da Justiça", acusou de tentar esconder os bastidores tóxicos da produção do filme de super-heróis, após o diretor substituto Joss Whedon agir de forma desrespeitosa com os atores.

Seu depoimento é o oposto do que disse Kathryn Arnold, produtora de Hollywood, que afirmou para o tribunal na segunda-feira (23/5) que Heard só não foi totalmente retirada de "Aquaman 2" porque o ator Jason Momoa e o diretor James Wan foram irredutíveis quanto a isso.

Na semana passada, a agente da atriz, Jessica Kovacevic, também testemunhou que sua cliente não teve o boom na carreira que se esperava após o sucesso de "Aquaman" e acusou tuites e declarações negativas do amigo e ex-advogado de Depp, Adam Waldman, de "adicionarem combustível neste fogo".

"Porque normalmente, quando você tem uma atriz em um filme tão bem-sucedido quanto esse, como 'Aquaman' foi, a carreira muda totalmente… Você se torna mais atraente financeiramente", disse Kovacevic. "Com ela, isso não aconteceu."

"Ninguém pode afirmar com certeza que tiraram a possibilidade dela ascender na carreira por causa da má imprensa… mas não há outro motivo", acrescentou a agente. Ela chegou a citar um filme da Amazon que Heard estrelaria, até os produtores, de uma hora para outra, demonstrarem não ter mais interesse em contratá-la.

A atriz e sua defesa alegam que Depp prejudica sua carreira não só por meio de processos, mas com uma "campanha difamatória" contra ela, por meio de sua rede de relações em Hollywood. E que isso a fez quase ser removida de "Aquaman 2".

"Recebi um roteiro inicial. Em seguida, me chegaram novas versões [do roteiro] que retiravam cenas importantes de ação, as quais mostravam minha personagem e outro personagem lutando um com o outro. Eles [roteiristas] basicamente cortaram muito do meu papel. Reduziram bastante", alegou a atriz.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade