Prêmio Gotham inicia temporada do Oscar e 'Nomadland' vence

Transmitido de um salão vazio, a cerimônia celebrou o filme de Chloé Zhao e prestou homenageou o ator Chadwick Boseman, morto em 2020

12 jan 2021
09h24 atualizado às 09h45
0comentários
09h24 atualizado às 09h45
Publicidade

O prêmio Gothan deu início virtual à temporada do Oscar na segunda-feira, 11, em uma cerimônia amplamente digital que coroou Nomadland de Chloé Zhao, o melhor filme de 2020.

Frances McDormand em 'Nomadland' (2020)
Frances McDormand em 'Nomadland' (2020)
Foto: IMDB / Reprodução

Como o primeiro prêmio proeminente a avançar durante a pandemia, o Gotham Awards adotou uma abordagem de tentativa e erro para montar um programa que não incluem as armadilhas usuais dos prêmios anuais de filmes independentes: um chamativo tapete vermelho, coquetéis e ovações em pé.

O Gotham, no entanto, foi em frente com uma cerimônia em sua casa habitual Wall Street Cipriani, no centro de Manhattan, sem uma audiência pessoal e com apenas um punhado de apresentadores.

O show foi transmitido ao vivo no Facebook, com convidados colocados digitalmente nas mesas por meio de um programa de pôquer que adaptado para a premiação. "Embora sejamos os primeiros, definitivamente não somos os últimos explorando novas maneiras de se reunir '', disse Jeffrey Sharp, diretor executivo do Gotham Filme & Media.

Mas o Gotham, que foi adiado por cerca de dois meses para coincidir com o calendário atrasado do Oscar, teve um vencedor previsível. Nomadland de Zhao, estrelado por Frances McDormand como uma viúva itinerante morando em sua van, foi a sensação de uma temporada de festivais de cinema marcados pela pandemia, ganhando prêmios importantes em Veneza e Festivais de cinema de Toronto, junto com o melhor filme da National Society of Film Critics.

Todos os filmes indicados para melhor longa foram dirigidos por mulheres, incluindo o candidato principal First Cow, de Kelly Reichardt.

Zhao, cujo filme Domando o Destino ganhou o prêmio de melhor longa no Gotham há dois anos, agradeceu aos festivais que, como o Gotham, continuaram apesar das circunstâncias difíceis. "Eles realmente nos mostraram e nos lembraram que não estamos sozinhos. A comunidade forte é reunida pelo nosso amor pelo cinema'', disse.

Outros prêmios foram mais surpreendentes. Nicole Beharie ganhou melhor atriz por Miss Juneteenth. A categoria de melhor ator incluiu uma indicação póstuma para Chadwick Boseman por sua atuação em A Voz Suprema do Blues, mas o prêmio foi para Riz Ahmed, por O Som do Silêncio.

Veja também:

Umbrella: a história de um guarda-chuva que emociona:

 

Estadão
Publicidade
Publicidade