PUBLICIDADE

Humorista pode ficar 8 anos preso por debochar de autoridade

Cineasta russo pode ficar preso por causa de um esquete no YouTube no qual uma autoridade fictícia explode um ponto de ônibus acidentalmente

24 nov 2021 12h24
| atualizado às 12h41
ver comentários
Publicidade
Ator Andrei Neretin, que participa de vídeo satírico russo, em foto de divulgação
Merkuriy LLC/Divulgação via REUTERS
Ator Andrei Neretin, que participa de vídeo satírico russo, em foto de divulgação Merkuriy LLC/Divulgação via REUTERS
Foto: Reuters

Um cineasta satírico russo foi acusado de vandalismo nesta quarta-feira (24) e pode ficar preso durante até oito anos por causa de um esquete no YouTube no qual uma autoridade local fictícia explode um ponto de ônibus acidentalmente, disse seu advogado à Reuters.

Mais de 1,78 milhão de pessoas assistiram o vídeo de 20 de setembro "Vitaly Nalivkin evitou um ato terrorista", no qual o funcionário atrapalhado tenta destruir uma sacola suspeita em um ponto de ônibus atirando nela com um lançador de granadas. A sacola, como se vê depois, estava cheia de cenouras.

Andrei Klochkov, que dirigiu o esquete, foi acusado pela polícia e pode receber uma pena de cinco a oito anos de prisão se condenado, segundo seu advogado, Alexei Kletskin. Outro membro da equipe, o produtor Semyon Vavilov, foi identificado como suspeito.

A acusação veio duas semanas depois de o Ministério do Interior de Ussuriysk, região do extremo leste russo, anunciar que iniciou um processo criminal devido a alegações de que o ponto de ônibus foi danificado.

Kletskin disse que a justificativa do caso é "completamente ridícula" e que os atores de um grupo de satiristas conhecido como "Barakuda" usaram bombinhas compradas legalmente, e não explosivos, e que um inspetor do governo local certificou que não houve danos.

Em um comunicado publicado no Instagram, o grupo disse que um mês e meio havia se passado desde a filmagem quando o "batalhão de choque invadiu, pressionou nossos rostos no chão e confiscou todo o equipamento".

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade