0

HBO oficializa série do game The Last of Us com criador de Chernobyl

20 nov 2020
19h41
atualizado às 19h47
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Divulgação / Pipoca Moderna

A HBO oficializou a produção da série baseada no game "The Last of Us", que será escrita pelo criador da premiada minissérie "Chernobyl".

O canal encomendou a 1ª temporada da série, dispensando a gravação do piloto após ler o roteiro escrito por Craig Mazin, autor da minissérie sobre o acidente nuclear dos anos 1980.

Originalmente, o diretor Johan Renck, que comandou todos os capítulos de "Chernobyl", também estava envolvido no projeto, pretendendo dirigir "pelo menos" o primeiro episódio de "The Last of Us", mas seu nome não foi mais citado no processo de desenvolvimento. Ele teria assumido outros compromissos que levaram a um conflito de agenda.

Mazin será coprodutor-executivo da série ao lado de Carolyn Strauss, sua parceira na produção de "Chernobyl" (e também produtora de "Game of Thrones"), e de Neil Druckmann, que concebeu o game de 2013 e a sequência, que bateu recorde de vendas ao ser lançada em junho no PlayStation 4.

A trama vai adaptar a premissa original de Druckmann, que é similar às histórias tradicionais de apocalipse zumbi. Ao longo da trama, os espectadores acompanharão a fascinante história de sobrevivência de Joel, convencido a transportar a menina Ellie, que pode representar uma chance de cura para uma praga apocalíptica, numa jornada brutal e comovente.

"Craig e Neil são visionários em uma categoria própria", disse a vice-presidente executiva de programação da HBO, Francesca Orsi. "Com eles no comando, ao lado da incomparável Carolyn Strauss, esta série certamente irá ressoar tanto com os fãs obstinados dos jogos 'The Last of Us' quanto com os novatos nesta saga definidora de seu gênero. Estamos muito satisfeitos com a parceria com Naughty Dog, Word Games, Sony e PlayStation para adaptar esta história épica e poderosamente envolvente. "

A série será a primeira produção televisiva a ostentar a marca PlayStation, que vai virar uma produtora independente de conteúdo do conglomerado Sony.

Ainda não há previsão de estreia.

Veja também:

Denzel Washington é nomeado melhor ator do século 21
Pipoca Moderna Pipoca Moderna
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade