PUBLICIDADE

Filme de Kristen Stewart como Lady Di disputará Leão de Ouro

Enredo gira em torno de um fim de semana no começo dos anos 1990 quando Diana decidiu se separar do príncipe Charles

26 jul 2021 14h53
| atualizado às 15h07
ver comentários
Publicidade
Kristen Stewart interpreta princesa Diana em 'Spender'
Kristen Stewart interpreta princesa Diana em 'Spender'
Foto: Divulgação

A vez de Kristen Stewart como a princesa Diana no filme Spencer está entre os filmes que disputam o principal prêmio do Festival de Veneza - o Leão de Ouro - entre 1 e 11 de setembro. Madres Paralelas, novo trabalho de Pedro Almodóvar, e Power of the Dog, de Jane Campion (diretora de O Piano), também são destaques.

O festival de cinema mais velho do mundo, considerado uma vitrine a candidatos do Oscar com a aproximação da temporada de premiações, espera receber novamente as celebridades de Hollywood após uma edição reduzida em 2020.

Spencer, do diretor chileno Pablo Larraín, gira em torno de um fim de semana no começo dos anos 1990 quando Diana decidiu se separar do príncipe Charles. Em Madres Paralelas, o espanhol Almodóvar se reuniu com uma das suas atrizes favoritas, Penélope Cruz.

Já a neozelandesa Campion apresentará o seu drama protagonizado por Benedict Cumberbatch como um dono de rancho sádico que lança uma campanha contra uma jovem viúva, interpretada por Kirsten Dunst, na Montana dos anos 1920.

Esses filmes então entre os 21 da principal competição, que inclui a estreia de Maggie Gyllenhaal na direção com A Filha Perdida, baseado no romance de Elena Ferrante, e A Mão de Deus, de Paolo Sorrentino - um dos cinco filmes italianos que tentarão levar o Leão de Ouro.

O épico medieval de Ridley Scott, O Último Duelo, com Matt Damon, Adam Driver e Ben Affleck, e o muito esperado Duna, de Denis Villeneuve, com Timothée Chalamet e Zendaya, estrearão em Veneza, mas fora da competição.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade