4 eventos ao vivo

J.J. Abrams: “Finalizar a saga Skywalker foi desafiante”

Diretor de “A Ascensão Skywalker” conversou com o Terra sobre as dificuldades de produzir o nono filme da franquia Star Wars

8 dez 2019
09h43
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Matheus Riga / Equipe portal

A franquia “Star Wars” já passou por diversos ciclos com encerramentos. Em 1983, o filme “O Retorno de Jedi” estreava nos cinemas e terminava a trilogia clássica de George Lucas. Já em 2005, “A Vingança dos Sith” finalizava o prelúdio do vilão Darth Vader. Agora, 14 anos depois, “A Ascensão Skywalker”, dirigido por J. J. Abrams, dará fim ao arco dos Skywalkers no cânone do universo cinematográfico criado por Lucas no fim dos anos 1970.

A menos de duas semanas da estreia do nono filme da franquia Star Wars, o Terra conversou com o diretor de “A Ascensão Skywalker” J. J. Abrams para entender os desafios de finalizar o arco Skywalker - que passou pela criação do vilão Darth Vader (Anakin Skywalker) e passa pela luta do Império contra a Aliança Rebelde, liderada por Luke Skywalker, Princesa Leia e Han Solo - e também como foi trabalhar em um dos maiores universos cinematográficos.

Confira alguns destaques da entrevista:

Terra: Para você, qual é a mensagem principal desta nova trilogia de Star Wars?

J.J.: Acredito que a grande mensagem da história é que nós somos capazes de fazer qualquer coisa. De que se estamos com nossos amigos, nós conseguimos fazer conquistar o que queremos e que, muitas vezes, a família que criamos é mais poderosa que a família da qual viemos. 

Terra: O que podemos esperar neste novo filme, tanto para a história quanto em termos de desenvolvimento de personagens?

J.J.: É difícil falar sem dar spoilers, mas o que eu espero é que as pessoas assistam e se sintam surpresas e envolvidas com a história. 

Terra: O que foi mais difícil para você: recomeçar a franquia ou terminar a saga Skywalker?

J.J: Terminar foi bem mais difícil. A responsabilidade é enorme e você não tem liberdade para inserir novas ideias e deixá-las crescer. Você tem que dar um final satisfatório para as questões (já apresentadas) e não apenas criá-las. Isso (fazer uma conclusão) foi o que mais me assustou e foi o grande desafio de produzir esse novo filme.

Terra: Como um escritor, como foi a experiência de criar uma história dentro de um universo tão rico e com uma base de fãs tão grandes?

J.J.: É incrível você sentir que você tem permissão para contar uma história em universo que você tem profunda compaixão. Os desafios são significantes, principalmente de fazer algo que você sente que é certo para aqueles personagens e aquele universo. É algo que sou inteiramente grato por poder ter participado.

Terra: Quanto que os atores sabem sobre o final da história, enquanto eles estão filmando? Você tenta esconder algo deles?

J.J.: Não, não. Os atores principais leem o script e, enquanto vamos filmando, nós vamos ajustando algumas coisas, mas eu nunca estava escondendo algo deles de propósito.

Veja também:

Sistema prisional é atrasado, lamenta Rodrigo Lombardi

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade