PUBLICIDADE

Animação de "Bob Cuspe" é premiada no Festival de Annecy

19 jun 2021 18h43
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação / Pipoca Moderna

"Bob Cuspe - Nós Não Gostamos de Gente" foi premiado neste sábado (19/6) no Festival de Annecy, na França.

O primeiro longa-metragem de Cesar Cabral, feito pela Coala Filmes de São Paulo, conquistou a láurea principal da seção Contracampo, destinada a obras mais ousadas, na edição de 60 anos do evento mais prestigioso do mundo para as produções animadas.

O filme foi feito com bonecos ao longo de cinco anos, utilizando a técnica de stop motion (na qual objetos são fotografados quadro a quadro para passar a ilusão de movimento) e com a voz do ator Milhem Cortaz ("O Lobo Atrás da Porta") no papel do punk de periferia dos quadrinhos de Angeli.

O próprio Angeli aparece na trama, numa versão animada, disposto a dar a Bob Cuspe o mesmo fim da Rê Bordosa. Mas o punk não aceita a extinção (afinal, "punk's not dead!") e parte para um acerto de contas.

A vitória é mais um reconhecimento ao talento brasileiro. Annecy, que é conhecido como uma espécie de Cannes da animação, e já consagrou várias obras brasileiras, como os longas "Uma História de Amor e Fúria" (2013), de Luiz Bolognesi, e "O Menino e o Mundo" (2014), de Alê Abreu.

Também é um feito de resistência cultural no momento em que a Ancine e a Secretaria de Cultura promovem a maior paralisação de incentivos da história do cinema nacional.

Não por acaso, a produtora Coala Filmes comemorou a vitória em seu Instagram com #forabolsonaro e #foragenocida. Veja abaixo.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade