1 evento ao vivo

Viúva Negra é um filme sobre auto-perdão, diz Scarlett Johansson

"Não queria que fosse um filme de espionagem."

29 nov 2019
11h45
  • separator
  • 0
  • comentários

Vingadores: Ultimato não é o fim de Scarlett Johansson como Viúva Negra nos cinemas, pois um filme solo da heroína chega às telonas no ano que vem. Ainda não há detalhes da trama que se passará antes dos acontecimentos de Vingadores, mas a atriz explicou a Vanity Fair o que podemos esperar do filme.

Foto: Divulgação / AdoroCinema

"É um filme sobre auto-perdão. É um filme sobre família. Eu acho que na vida, amadurecemos muitas vezes e você tem esses momentos em que está em uma fase de transição. Acho que em Viúva Negra, a personagem, quando a encontramos, está em um momento de crise real. E ao longo do filme, enfrentando a si mesma e todas as coisas que a fazem ser ela, ela é capaz de passar por essa crise e é capaz de se redefinir", conta Scarlett.

A atriz realmente não conta nada mais palpável sobre o enredo, mas diz o que o filme não será: "Eu não queria que fosse uma história de origem. Eu não queria que fosse uma história de espionagem. Eu não queria que parecesse superficial. Eu só queria fazer se encaixasse onde eu estava com esse personagem."

"Eu havia passado tanto tempo descascando camadas - senti que, a menos que chegássemos a algo profundo, não havia razão para fazer o filme. Porque eu fiz o meu trabalho em Ultimato e me senti realmente satisfeita com isso", completa Scarlett.

Viúva Negra chega aos cinemas em 30 de abril de 2020.

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade