2 eventos ao vivo

Vingadores - Guerra Infinita: Soldado Invernal terá cena hilária com membro dos Guardiões da Galáxia

Um Guardião viciado em armas e próteses. Quem será?!

12 mar 2018
16h43
atualizado às 16h48
  • separator
  • comentários

Os Guardiões da Galáxia finalmente se juntarão aos Vingadores em um dos filmes mais aguardados do ano, Guerra Infinita. No primeiro trailer, ficou a deixa de que os eventos finais de Thor: Ragnarok marcarão esse encontro, com o grupo de renegados encontrando o Deus do Trovão (Chris Hemsworth) à deriva no espaço. Mas, segundo o Entertainment Weekly, os Guardiões se juntarão à batalha contra Thanos (Josh Brolin) na Terra, e revelou uma cena hilária envolvendo Bucky Barnes (Sebastian Stan), o Soldado Invernal.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Sean Gunn vive o Kraglin e o Rocket.

Exilado em Wakanda, onde é conhecido como Lobo Branco, Bucky ajuda os locais a limpar o campo de batalha após um confronto com os Outriders, infantaria alienígena invasora a serviço de Thanos. Nesse momento, o Soldado Invernal é interpelado por Rocket Racoon: "Quanto você quer pela arma?", pergunta o guaxinim, referindo-se ao armamento pesado acoplado ao braço mecânico de Bucky.

"Não está à venda", responde o Vingador, então interrompido por um persistente e ansioso Rocket: "Tudo bem, quanto você quer pelo braço? Pelo braço!", questionou a infame criatura, em cena que remonta a Guardiões da Galáxia e sua já conhecida (e bizarra) fixação por próteses, além de armas pesadas.


James Gunn dirige o irmão Sean como intérprete de corpo do Rocket em Guardiões da Galáxia.

Outro aspecto interessante na cena é a descrição do intérprete de corpo do Rocket Racoon, devidamente trajado com pontos de captura de computação gráfica e detalhes peludos característicos do personagem: Sean Gunn, irmão do diretor James Gunn, que vive o Kraglin nos dois filmes dos Guardiões da Galáxia. Bradley Cooper segue emprestando sua voz ao guaxinim.

Vingadores: Guerra Infinita é a grande estreia do próximo dia 26 de abril nos cinemas brasileiros.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade