0

The Woman in the Window: Suspense com Amy Adams terá refilmagens após reações "confusas" do público

A adaptação de A Mulher na Janela fica fora da temporada de premiações do fim do ano.

10 jul 2019
10h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Nem todos os cinéfilos sabem, mas os principais estúdios de Hollywood costumam fazer projeções fechadas de suas grandes atrações com espectadores comuns antes do lançamento no cinema, para descobrir a reação de pessoas de diferentes idades, origens ou etnias, por exemplo. Os test screenings permitem fazer pequenas alterações em partes criticadas pelos espectadores ou, em casos mais graves, levam às refilmagens de uma produção.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Este foi o caso de The Woman in the Window, suspense baseado no livro "A Mulher na Janela", de A.J. Finn. O projeto era visto pela Fox 2000 como um forte candidato ao Oscar e aos Globos de Ouro do próximo ano, por adaptar um livro de sucesso, pelo elenco de peso (Amy Adams, Gary Oldman, Julianne Moore) e pelo diretor aclamado (Joe Wright, de Anna Karenina e Orgulho e Preconceito).

No entanto, as primeiras reações indicaram que o público ficou "confuso" com o filme. "Estamos lidando com um romance complexo", afirmou a produtora Elizabeth Gabler. "Por isso fizemos o teste de público bem cedo. Queremos melhorar o filme, e a Disney nos apoia totalmente nisso".

A subdivisão Fox 2000 foi extinta após a aquisição da Fox pela Disney, mas os projetos em andamento da empresa, como The Woman in the Window e Meu Amigo Enzo, serão finalizados pela Disney. A Fox 2000 é conhecida por sucessos de público e crítica como As Aventuras de Pi e Estrelas Além do Tempo.


The Woman in the Window traz a história de Anna Fox (Amy Adams), uma mulher traumatizada que passa os dias dentro de casa, bebendo vinho e espionando os vizinhos. Ela se torna obcecada pela família em frente à sua casa, até um dia presenciar um crime. Anna precisa decidir que decisões tomar, enquanto teme estar correndo perigo.

O projeto, que busca reproduzir sucessos como Garota Exemplar e A Garota no Trem, tinha data de estreia prevista para agosto desse ano. Agora, o lançamento foi alterado para 2020, sem data definida. Os produtores estão organizando cinco dias de refilmagens em agosto, assim que Amy Adams terminar as filmagens de Hillbilly Elegy. 

Com as novas filmagens, o orçamento obviamente aumenta, assim como as expectativas de retorno financeiro. Será que A Mulher na Janela terá mudanças significativas na trama? A reviravolta do terço final seria complexa demais para o público médio? Resposta no próximo ano, quando o filme chegar aos cinemas. 


AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade