0

Terry Crews revela que já foi assediado sexualmente por um produtor de Hollywood

O caso Harvey Weinstein incentivou o ator a recontar suas próprias experiências.

11 out 2017
10h13
  • separator
  • comentários

Ainda que — em como todos os âmbitos da sociedade —, as mulheres sejam, infelizmente, as pessoas que mais sofrem dentro da indústria cinematográfica, casos de assédios sexuais contra homens também já foram registrados durante os anos em Hollywood. Através de uma série de tuítes em sua conta pessoal, o ator Terry Crews (Brooklyn Nine-Nine) revelou que já foi abusado por um famoso produtor:

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

" Eu e minha esposa estávamos em um evento de Hollywood no ano passado e um executivo do alto escalão se aproximou de mim e apalpou minhas partes íntimas "

Segundo Crews, ele decidiu narrar sua experiência ao longo de 16 publicações na rede social como uma forma de dar esperança e incentivar outras pessoas — especialmente mulheres — a testemunharem contra as "abordagens" inadequadas que sofreram dentro da indústria nos últimos anos. O popular intérprete disse que entende que as vítimas ficam caladas para preservarem suas carreiras, mas também ressaltou a importância da realização de denúncias contra predadores sexuais, como as acusações que vêm sendo feitas desde a semana passada contra Harvey Weinstein.

Revelado no dia 5 de outubro através de uma reportagem do The New York Times e aprofundado por um longo artigo da revista New Yorker divulgado na manhã de ontem, o escandaloso caso Harvey Weinstein abalou as estruturas de Hollywood. Acusado por inúmeras atrizes — como Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow e Rose McGowan — e antigas funcionárias de assédio sexual e estupro, o responsável pelo Oscar de Shakespeare Apaixonado acabou sendo demitido de sua própria companhia, a Weinstein Co.

Além de ter perdido a advogada, a mulher, o apoio de inúmeros colaboradores e, muito provavelmente, sua carreira no processo, Weinstein tornou-se o principal símbolo do lado mais sórdido de Hollywood ao ser exposto pela onda de depoimentos de vítimas e críticas de personalidades como Meryl Streep, Brie Larson, Kate Winslet e Cate Blanchett.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade