1 evento ao vivo

Disney quer gastar US$ 100 mi em live-action de 'Star Wars'

Após super investimento da Amazon para adaptar 'O Senhor dos Anéis' na TV, Disney também quer apostar em adaptação de franquia

7 ago 2018
11h45
atualizado às 12h10
  • separator
  • 0
  • comentários

Atualmente, os serviços de streaming vêm investindo pesado em suas produções e, em breve, a Disney vai lançar sua própria plataforma. Reunindo todo o catálogo antigo da empresa e novos projetos originais. E uma das apostas é a nova série live-action de Star Wars. Quem assume o roteiro e produção executiva dessa empreitada é o ator e cinesasta Jon Favreau, conhecido por dirigir dois filmes do Homem de Ferro e que já trabalhou com o estúdio em Mogli - O Menino Lobo.

Star Wars: Disney pretende gastar cerca de US$ 100 milhões em série live-action
Star Wars: Disney pretende gastar cerca de US$ 100 milhões em série live-action
Foto: Reprodução

Como a maioria dos projetos no universo de Star Wars, a trama da história permanece em sigilo. Mas, de acordo com um relatório do The New York Times, o custo dessa produção será de aproximadamente US$ 100 milhões por 10 episódios. Essa enorme quantia significa que o show se une à grandes franquias, como Game of Thrones, cuja sexta temporada teve um orçamento similar, e à série de O Senhor dos Anéis, que pode custar mais de US$ 500 milhões.

O projeto bilionário de adaptação da obra de Tolkien pertence a Amazon Prime Video, que também não divulgou informações oficiais sobre o foco da série. JD PaynePatrick McKay (Star Trek: Sem Fronteiras, Godzilla vs. Kong) serão os responsáveis por desenvolver e explorar as linhas narrativas do projeto. 

Animados para a chegada de grandes franquias nas telinhas? Nenhuma das produções têm previsão de estreia, mas pela grana que está sendo investida, é quase certo afirmar que tem coisa boa vindo aí. Ao mesmo tempo, vale lembrar que Favreau está trabalhando no live-action de O Rei Leão, que chega aos cinemas no dia 18 de julho de 2019.

Veja também:

 

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade