0

"Não trabalharia com Woody Allen hoje", diz Greta Gerwig

Diretora de Lady Bird atuou em Para Roma Com Amor.

10 jan 2018
15h13
atualizado às 17h44
  • separator
  • comentários

Greta Gerwig é mais uma no clube dos arrependidos por atuar sob o comando de Woody Allen. A atriz relembrou negativamente a experiência pela primeira vez em conversa publicada no The New York Times. Questionada sobre a validade da punição a artistas por questões pessoais, ela aproveitou para comentar a respeito do trabalho com o cineasta, acusado de ter abusado sexualmente da filha adotiva Dylan em 1993.

Foto: Getty Images / AdoroCinema


"Gostaria de falar especificamente sobre Woody Allen, pois fui muito questionada sobre isso recentemente, já que fiz um filme com ele em 2012. É um assunto que levo muito a sério e tenho pensado bastante a respeito, precisei de tempo para organizar minhas ideias e dizer o que gostaria. Só posso falar por mim e a conclusão a que cheguei foi a seguinte: se eu soubesse na época o que sei agora, não teria atuado no filme [Para Roma Com Amor]. Não voltei a trabalhar com ele e não o farei futuramente. Os dois textos de Dylan Farrow me fizeram perceber que aumentei a dor de outra mulher e essa conscientização partiu meu coração. Cresci vendo seus filmes e eles me formaram como artista, um fato que não posso mudar. Posso, no entanto, tomar decisões diferentes daqui para frente."

Domingo, após receber o Globo de Ouro de melhor filme comédia/musical por Lady Bird - A Hora de Voar, sua estreia atrás das câmeras, Greta foi perguntada na coletiva de imprensa sobre como se sentia por ter trabalhado com Allen e não deu uma resposta conclusiva, o que acabou decepcionando muita gente e gerando uma série de críticas na internet. Pouco dias depois eis a resposta que a maioria gostaria de ouvir, alinhada com os tempos de Time's Up e a temporada de premiação implacável com abusadores.

Dylan Farrow usou o Twitter para agradecer a retratação da atriz e cineasta:

 


"Greta, obrigada por sua voz. Obrigada por suas palavras. Saiba que foram profundamente sentidas e apreciadas."

 

Antes de Greta Gerwig, Ellen Page, que também fez Para Roma Com Amor, já tinha se declarado arrependida da parceria. David Krumholtz, de Roda Gigante; e Griffin Newman, que gravou uma cena do filme que Allen está preparando com Selena Gomez, Timothee Chalamet e Elle Fanning, também repensaram suas decisões posteriormente.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade