0

Ricardo Boechat (1952 - 2019): Relembre participações do jornalista nos cinemas

Âncora da televisão brasileira faleceu de forma trágica nesta segunda-feira.

11 fev 2019
18h55
atualizado em 12/2/2019 às 11h35
  • separator
  • 0
  • comentários

Morreu no início da tarde desta segunda-feira (11), o jornalista brasileiro Ricardo Boechat, aos 66 anos, em um acidente de helicóptero. Famoso âncora da TV Band e radialista, Boechat também fez algumas participações nos cinemas, interpretando, é claro, repórteres ou apresentadores de telejornal.

Foto: Divulgação / AdoroCinema

Como uma homenagem a essa grande figura do jornalismo brasileiro, o AdoroCinema resolveu relembrar algumas das participações do repórter nas telonas.

Um Dia Sem Gravidade

Boechat interpretou um apresentador de TV em Um Dia Sem Gravidade, um curta-metragem de 2015. A trama acompanha a aventura de uma menina e seu cachorro quando a gravidade acaba por um dia no planeta Terra. O responsável por dar a notícia, é claro, é Ricardo Boechat.

JULIO SECCHIN - UM DIA SEM GRAVIDADE from Zohar on Vimeo.

Zootopia: Essa Cidade é o Bicho

Zootopia: Essa Cidade é o Bicho, animação de 2016, em cada região que foi lançado, teve um apresentador de telejornal diferente. No Brasil, foi um jaguar dublado por Ricardo Boechat. Como não era para menos, a personagem se chamava Boi Chá.


Abaixando a Máquina 2 - No Limite da Linha

Na mesma semana de estreia de Zootopia, Boechat também esteve nas telonas participando como ele mesmo em um documentário: Abaixando a Máquina 2 - No Limite da Linha. A trama do filme acompanha a transformação no jornalismo tradicional após os acontecimentos políticos de junho de 2013, no Brasil, que impulsionaram o crescimento das mídias alternativas.

Ninguém Entra, Ninguém Sai

O último trabalho de Ricardo Boechat nas telonas foi a comédia Ninguém Entra, Ninguém Sai, de 2017. No papel de um repórter de TV, o jornalista anuncia a premissa do roteiro: a descoberta de um vírus raro que infectou o funcionário de um motel, fazendo com que clientes e funcionários ficassem em quarentena no local.

Na ocasião, Boechat, muito bem-humorado, afirmou: "Demorei 65 anos para estrear no cinema, com uma atuação de 50 segundos… Acho o Oscar uma hipótese improvável".


Cena de Ninguém Entra, Ninguém Sai com Anselmo Vasconcellos e Ricardo Boechat.

O AdoroCinema envia força para a família de Ricardo Boechat, e deseja que o âncora descanse em paz.

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade