1 evento ao vivo

O Predador: Diretor Shane Black pede desculpas por ter escalado ator que cometeu crime sexual

O cineasta e roteirista lamenta que o filme tenha sido ofuscado por sua "estúpida decisão".

14 set 2018
11h15
  • separator
  • comentários

A Fox pode ter cortado a cena protagonizada pelo criminoso sexual Steven Wilder Striegel de O Predador, mas a reação contrária à escalação do ator pelo cineasta Shane Black escalou quando a protagonista Olivia Munn denunciou publicamente a situação. Em entrevista à Associated Press, o diretor e roteirista de O Predador pediu desculpas pelo caso, classificando a escalação de Striegel como uma "decisão estúpida":

Foto: Alberto E. Rodriguez / AdoroCinema

"Cometi um erro de julgamento irresponsável [...] Eu era o capitão desse navio. Meu trabalho é me assegurar de que essas coisas não aconteçam e eu falhei. Causei dor ao meu elenco. Isso é inaceitável. A responsabilidade é toda minha. Me arrependo, profunda e verdadeiramente. Penso muito sobre isso e espero aprender com meu erro. Porque isso realmente me incomoda. Esse poderia ser um filme com pessoas incríveis nesta noite incrível, mas ele é ofuscado por uma decisão estúpida que tomei. Peço desculpas a todos", declarou um arrependido Black, durante a première de O Predador.

Anteriormente, o realizador tentou justificar a escalação de Striegel como uma segunda chance para um amigo pessoal. No entanto, assim que Munn denunciou o caso - inicialmente sozinha e, após críticas generalizadas, sendo acompanhada pelo restante do elenco principal -, Black foi forçado a emitir um pedido de desculpas pela situação que criou. De fato, como o próprio realizador apontou, a controvérsia gerada ao redor da participação removida de Striegel tomou certa precedência sobre o lançamento do longa.

Descrito como uma subversão e uma reinvenção de uma franquia já cansada pela crítica 3 estrelas do AdoroCinema, O Predador está em cartaz no Brasil.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade