1 evento ao vivo

Netflix põe "corruptômetro" em Brasília para promover série

Série de José Padilha estrelada por Selton Mello aborda os bastidores da Operação Lava Jato.

13 mar 2018
13h06
atualizado às 13h20
  • separator
  • comentários

A Netflix é conhecida pela forma criativa como promove suas produções originais e com a aguarda série nacional O Mecanismo não foi diferente. Para a campanha de marketing da série que traz José Padilha como um dos criadores, produtor e diretor do primeiro  episódio, a gigante do ramo do streaming instalou em Brasília diversos painéis com um "corruptômetro" digital.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

O outdoor não informa qual a fonte dos dados, nem se os valores apresentados ali se referem às cifras de verbas públicas desviadas apenas em 2018 ou em outra janela de tempo. Há ainda a possibilidade dos dados serem fictícios, embora os números altos não surpreendam mais quando se tratam de denúncias de corrupção. Até segunda-feira (12), o painel digital mostrava um valor de mais de R$ 200 milhões desviados em ações ilícitas.

Criada por José Padilha (Narcos) e Elena Soarez, a atração será exibida na Netflix com uma trama "livremente inspirada" na Operação Lava Jato. A atração é estrelada por Selton Mello, que vive o delegado Marco Ruffo.

 

Em conversa com o AdoroCinema, Mello afirmou que dá vida ao o "novo personagem icônico de José Padilha", cineasta que apresentou ao público brasileiro o icônico Coronel/Capitão Nascimento, em Tropa de Elite (2007) e Tropa de Elite 2 (2010). "Eu vi no Marco Ruffo uma chance de poder finalmente fazer o meu Don Draper [Mad Men], o meu Walter White [Breaking Bad], o meu Tony Soprano [Família Soprano]. Herói, anti-herói, eu não sei como se chama, porque é um personagem complexo, como são os das séries".

O Mecanismo estreia no dia 23 de março.

Veja também

Pedro Pascal: de Game of Thrones a Narcos
AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade