1 evento ao vivo

Mindhunter: David Fincher revela data de estreia da 2ª temporada

Em agosto!

12 jul 2019
11h32
  • separator
  • comentários

O mundo era um lugar diferente quando a Netflix estreou a primeira temporada de Mindhunter. O tempo passou, Game of Thrones até chegou ao fim e La Casa de Papel sequer era o sucesso em que se transformou. Quase dois anos depois, David Fincher revela que a segunda temporada de seu thriller criminal está prestes a atingir as telinhas.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Em entrevista ao podcast The Treatment (via DigitalSpy), do canal KCRW, o cineasta contou que os novos episódios de sua série chegarão ao canal de streaming no dia 16 de agosto deste ano. Já está na hora de um trailer, hein, dona Netflix?

A informação de Fincher confirma o que Charlize Theron, que também é produtora executiva da série, havia comentado em maio deste ano — que a segunda temporada estrearia em agosto.

A primeira temporada de Mindhunter estreou na Netflix exatamente no dia 13 de outubro de 2017, baseada no livro homônimo ("Mindhunter - O primeiro caçador de serial killers americano", ed. Intrínseca) que por sua vez é a história real do agente John Douglas, responsável por criar perfis de serial killers em uma época em que a expressão sequer existia, e quando ninguém estava disposto a fazer o que ele fez: ficar cara a cara com dezenas de assassinos famosos, conduzindo entrevistas que o ajudariam a traçar um padrão (ou vários padrões) para entender quem são essas pessoas e de onde surgiu o instinto ou o desejo assassino. O elenco principal é composto por Jonathan Groff, Holt McCallany e Anna Torv.

Mindhunter: Charles Manson terá o mesmo intérprete escolhido por Quentin Tarantino em Once Upon a Time in Hollywood

Na segunda temporada, Fincher adianta que o caso dos assassinatos de Atlanta, o culto de Charles Manson e o Filho de Sam serão integrais para a continuação da história. O diretor Andrew Dominik, de O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford, também está envolvido na produção.

Ainda de acordo com Fincher, o público verá na segunda temporada a análise comportamental se tornando a linha de frente da investigação da polícia. A trama deve se iniciar na fase final das investigações dos assassinatos de Atlanta, quando o FBI foi chamado até a Georgia.

O caso conhecido como "Atlanta Child Murders" se trata de uma série de assassinatos ocorridos entre 1979 e 1981. 28 crianças, adolescentes e adultos negros de Atlanta foram mortos. "Provavelmente poderíamos fazer três temporadas dos assassinatos de Atlanta", comentou Fincher. "Não poderíamos fazer justiça [ao caso] com nossas nove horas. Precisamos escolher dramatizar... [O FBI] são os últimos caras a entrar na história, eles estão tentando ajudar em algo que tem sua própria política. É um campo de batalha dividido."

Fincher não entrou em demais detalhes a respeito da trama da nova temporada, mas adiantou que a cena original de abertura foi cortada e formatada novamente. O início da temporada seria em uma casa próxima a um lago, trazendo um homem se masturbando com asfixia autoerótica. Mas esta vai ficar apenas para a imaginação. Para descobrir como é a abertura da temporada de fato, só esperando até 16 de agosto.

AdoroCinema
  • separator
  • comentários
publicidade