2 eventos ao vivo

Mãe de criança autista ganha Netflix personalizada após saída de Procurando Nemo do catálogo

Após apelo emocionante nas redes sociais, rapaz se sensibilizou e montou um menu interativo do zero para a criança.

12 jan 2019
08h20
atualizado em 14/1/2019 às 15h14
  • separator
  • comentários

Um problema comum que pode parecer corriqueiro na vida de muitos assinantes do serviço de streaming da Netflix: aquele filme que você tanto gosta foi retirado do catálogo e provavelmente não voltará tão cedo. Por mais que seja apenas uma pequena frustração para a maioria das pessoas, a situação fez total diferença na rotina da mãe Fernanda Torres, de Sorocaba (SP), e de seu filho Miguel. 

Foto: Disney / AdoroCinema

No primeiro dia de 2019, o pequeno Miguel levantou-se da cama e começou o seu dia da mesma maneira de sempre: pegou o controle remoto, sentou-se no sofá e procurou pela animação Procurando Nemo, que via praticamente todos os dias. No entanto, desta vez, ele entrou em total desespero ao descobrir que seu filme preferido não estava mais lá. 

O ocorrido levou sua mãe a fazer a única coisa que lhe restava para tentar resolver o caso. Fernanda entrou nas redes sociais da Netflix e da Disney no Facebook e realizou um apelo, explicando que Procurando Nemo era uma das poucas coisas capazes de acalmar seu filho autista, que só aceitava assistir depois de selecionar o filme no menu interativo e dar o play. 


Dentre alguns comentários endossando o pedido de Fernanda e outros que diziam para que ela desse um jeito de esquecer a ideia, o programador Rodrigo Lima sugeriu a solução de gravar um DVD com o filme junto a um menu que fosse idêntico ao da Netflix, para que a criança pudesse "selecionar" Procurando Nemo antes de assistí-lo. 

Além da sugestão, o próprio Rodrigo se voluntariou a realizar o trabalho e a criar um layout idêntico ao do serviço de streaming. Depois de alguns dias ele voltou aos comentários e deixou todo o conteúdo para que Fernanda pudesse baixar gratuitamente. Final feliz! 




Resultado do menu improvisado de Rodrigo.

"Fiquei emocionada quando deu tudo certo e apareceu esse anjo. Não era um problema dele, não tinha a mínima obrigação de fazer nada e fez. Sou grata e que Deus o abençõe", declarou Fernanda depois de receber os links nos comentários. 

Ainda de acordo com ela, Miguel batia no próprio rosto e tentava repetir as falas do filme, na esperança de que ele voltasse a aparecer na tela. O apelo nas redes sociais aconteu na mesma hora, já que Fernanda não aguentava ver seu filho deste jeito.


Fernanda e seu filho Miguel assistindo ao filme novamente.

Nem mesmo o próprio Rodrigo esperava a repercussão do caso. De acordo com ele, a ideia surgiu imediatamente após cair nos comentários de Fernanda por acaso. Até o momento, as respostas do pedido de Fernanda já somam mais de cinco mil comentários, a maioria elogiando sua atitude. 

"Nos gestos mais simples se vê a grandeza das pessoas. Parabéns Rodrigo você com certeza é uma pessoa especial", diz um dos comentários seguintes.

A remoção de Procurando Nemo do catálogo da Netflix foi ocasionada pelo futuro lançamento de uma plataforma de streaming exclusiva da Disney para 2019, que contará com todas as suas parcerias com a Pixar, por exemplo. 

Até lá, a Fernanda e o Miguel podem se divertir com o novo menu improvisado. E você, o que achou da atitude? Conta pra gente! 

AdoroCinema
  • separator
  • comentários
publicidade