0

Liga da Justiça: Ezra Miller e Ray Fisher revelam as peças pregadas no set

Parece que as gravações foram bem divertidas.

13 nov 2017
19h17
  • separator
  • comentários

Apesar do fato de que a maioria dos envolvidos na produção de Liga da Justiça reafirmam que o longa não abandonou a estética sombria de Zack Snyder por completo, parece que as gravações do grande evento do Universo Estendido da DC foram bem diferentes do filme. Em entrevista ao Los Angeles Times, os recém-chegados Ezra Miller e Ray Fisher revelaram que muitas pegadinhas foram feitas durante as filmagens.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

No maior estilo de um quadro cômico dos programas de Silvio Santos, o intérprete do Ciborgue contou que, certa vez, utilizou uma figura em tamanho real de si mesmo para assustar o colega: "Nós nos divertimos muito no set. Chegou um momento em que eu peguei um cartaz e coloquei na tenda de Ezra mas eu não consegui levá-lo até lá. Tive que convencer os amigos dele que estavam no set a me ajudarem. Disse, 'Ei, levem ele para a tenda dele. Quero assustá-lo... pra caramba".

"Para me pegar de volta, Ezra colou o rosto dele no meu trailer inteiro. Voltei para o trailer e encontrei cópias xerocadas da cara do Ezra por todo o lado", completou Fisher, revelando que o ator da franquia Animais Fantásticos e Onde Habitam foi rápido como Barry Allen e deu o troco na mesma moeda, posando com uma "cara maníaca" para a foto replicada. E Jason Momoa, que dá vida ao Aquaman nas telonas e que também estava presente na entrevista, foi citado por Miller como uma pessoa com quem não brincar. Todo mundo tem aquele amigo que não conhece os limites da zueira, não é mesmo?

Assim, apesar das trocas de comando e das refilmagens, parece que as coisas caminharam bem durante a produção de Liga da Justiça. Será que o bom ambiente ficará aparente no resultado final? Resta aguardar para ver. Coestrelado por Ben Affleck, Gal Gadot e Henry Cavill, o longa dirigido por Zack Snyder e finalizado por Joss Whedon estreia nesta semana, no dia 16 de novembro.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade