0

3ª temporada de La Casa de Papel não terá ordem cronológica

Preparados para montar o novo quebra-cabeça do fenômeno da Netflix?

17 jul 2019
08h24
atualizado às 11h58
  • separator
  • 0
  • comentários

Uma das características mais marcantes de La Casa de Papel é a narração dramática de Tóquio (Ursula Corberó), contando a história do roubo, mesclando-a com vários flashbacks. Se você já ficava confuso com isso, saiba que vai piorar... Em entrevista para o Variety, o criador Alex Pina revelou que a terceira temporada não será contada de forma cronológica.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

A ideia é misturar cenas ambientadas em diferentes trechos das vidas dos protagonistas, ao mesmo tempo que retrata o novo assalto, que acontece no presente. Dentre os flashbacks, estarão sequências de 5 anos, 3 anos, 77 dias, 73 dias, 62 dias e até 50 dias antes do golpe, divididos em cinco grupos temporais. Acrescente isso com as diferentes locações usadas ao redor do mundo e tudo fica ainda mais complicado.

"Queremos que a série cresça em várias formas. É um desafio para o espectador montar o quebra-cabeça. Nos permite mudar estéticas e gêneros. Podemos estar no clímax do assalto, então cortar para outra cena do mesmo personagem, explorando seus sentimentos, ou numa situação cômica. Podemos mover o espectador e, assim, a trama nunca fica monótona", contou Pina.

Sem informações oficiais, isso pode explicar a presença de Berlim (Pedro Alonso) na nova temporada, através de possíveis flashbacks do passado.

Com renovação garantida, La Casa de Papel retorna em 19 de julho.

Veja também:

 

AdoroCinema
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade