0

Kraven, o Caçador: Roteirista diz que vilão deve enfrentar o Homem-Aranha em filme-solo

O problema é que o longa é da Sony e não do Universo Cinematográfico Marvel.

10 out 2018
13h08
  • separator
  • comentários

Quando se trata de Homem-Aranha, a única coisa certa é que toda a situação é uma verdadeira confusão. Por causa de um acordo desenhado entre os produtores Kevin Feige e Amy Pascal, da Marvel e da Sony, respectivamente, o Universo Cinematográfico Marvel pôde incluir o popular Cabeça de Teia (Tom Holland) em seus filmes. Isso quer dizer, no entanto, que a Sony, que detém os direitos de Peter Parker, não pode utilizar a atual versão do personagem nas telonas... o que não parece ser um impedimento na visão do roteirista Richard Wenk (O Protetor 2), responsável pela adaptação de Kraven, o Caçador.

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

De acordo com o escritor, a intenção é utilizar o Homem-Aranha como antagonista do vilão em seu vindouro filme-solo. Segundo seus planejamentos, Wenk vai se basear na trama de "Homem-Aranha - A Última Caçada de Kraven" (ed. Novo Século), que traz os dois personagens em rota de colisão direta. O longa do Caçador, que fará parte do Universo Cinematográfico iniciado pelo Venom de Tom Hardy, será bastante fiel às histórias do vilão nas palavras do roteirista: "Não sabemos se essa narrativa será a precursora deste filme, se será incluída... mas estamos falando sobre isso" (via ComicBookMovie).

Entenda o acordo que permitiu que o Homem-Aranha fizesse parte do Universo Cinematográfico Marvel

Por mais que pareça remota no momento, especialmente com o sucesso alcançado por Holland no traje do Cabeça de Teia, a possibilidade de vermos o Homem-Aranha deixar o Universo Cinematográfico Marvel após Longe de Casa não é inexistente. Afinal de contas, o contrato firmado por Feige e Pascal previa a utilização de Peter Parker pela casa de Mickey Mouse por um total de cinco filmes, um arco que começou em Capitão América: Guerra Civil e que, teoricamente, será encerrado com a sequência de De Volta ao Lar.

Como a Marvel não forneceu maiores detalhes sobre seus planejamentos após Vingadores 4 para se concentrar no lançamento do aguardado projeto, será preciso aguardar a versão oficial das companhias envolvidas. No entanto, é preciso levar em consideração que a Sony certamente deseja retomar o controle sobre o Homem-Aranha - o diretor de Venom, Ruben Fleischer, acredita que o simbionte do mal e Peter Parker vão se enfrentar eventualmente nas telonas - e que a Marvel não vai entregar o popular personagem de bandeja novamente.

Homem-Aranha: Longe de Casa tem estreia prevista para o dia 4 de julho de 2019. Kraven, o Caçador, por sua vez, ainda não tem data de lançamento marcada.

AdoroCinema

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade